PUBLICIDADE
Topo

Chapecoense

Chapecoense homenageia vítimas em ato na Arena Condá 5 anos após tragédia

Arena Condá recebe evento em homenagem às vítimas da tragédia da Chapecoense - Cristian Madoglio/ACF
Arena Condá recebe evento em homenagem às vítimas da tragédia da Chapecoense Imagem: Cristian Madoglio/ACF

Do UOL, em São Paulo

29/11/2021 22h01

Classificação e Jogos

A Chapecoense realizou na noite de hoje (26) uma homenagem às vítimas do acidente aéreo que matou 71 pessoas entre jogadores, diretoria, membros da comissão técnica, convidados e tripulação, antes da final da Copa Sul-Americana de 2016 contra o Atlético Nacional. A tragédia completou cinco anos no último domingo, 28 de novembro.

A homenagem foi realizada na Arena Condá, em Chapecó, e teve a participação do evangelista Deive Leonardo e outros convidados. O evento "Pra Sempre Lembrados" foi idealizado por familiares das vítimas do acidente.

Os mortos na pandemia da covid-19 também foram homenageados —o ex-presidente da Chape, Ricardo Magro, morreu por causa da doença em dezembro do ano passado.

No último domingo, a Chapecoense já havia recebido diversas homenagens. O Atlético Nacional, que seria adversário do time brasileiro na final da Sul-Americana há cinco anos, fez uma postagem nas redes sociais e destacou a relação entre os clubes: "uma amizade para a eternidade".

Relembre o acidente

No dia 28 de novembro de 2016, o avião da delegação da Chapecoense com destino a Medellín, na Colômbia, caiu a poucos quilômetros da cidade onde o clube disputaria o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional. O voo havia partido de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.

Setenta e uma pessoas morreram na tragédia, incluindo atletas, membros da diretoria, comissão técnica e tripulação. Seis pessoas sobreviveram ao acidente, entre eles o goleiro Jackson Follman, o zagueiro Neto e o lateral Alan Ruschel —destes, somente Ruschel ainda está em atividade no futebol.

Chapecoense