PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Carro-chefe da atual gestão, Cruzeiro entra com pedido de registro da SAF

Presidente compartilhou imagem do pedido de registro da SAF - Reprodução/Instagram
Presidente compartilhou imagem do pedido de registro da SAF Imagem: Reprodução/Instagram

Lohanna Lima

Colaboração para o Uol, em Belo Horizonte, MG

29/11/2021 16h57

O presidente do Cruzeiro, Sergio Santos Rodrigues, informou na tarde desta segunda-feira (29) que o clube já entrou com pedido de registro da primeira Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do Brasil. Transformar o Cruzeiro em clube-empresa é a principal promessa de campanha do dirigente e, ao longo dos últimos dois anos, tornou-se uma das principais pautas de trabalho do mandatário. O registro formaliza o projeto.

"Foi um longo trabalho, desde o primeiro dia da gestão, com dezenas de encontros e reuniões, muitas delas no Senado e na Câmara dos Deputados. Hoje, esse desejo se tornou realidade e apresentamos para registro a primeira Sociedade Anônima do Futebol do Brasil. E essa nova realidade nos permitirá reerguer o Clube com mais solidez", publicou nas redes sociais.

A transformação do Cruzeiro em clube-empresa é fundamental para que o clube consiga manter os salários em dia, negociar débitos e realizar investimentos a fim de montar uma equipe mais competitiva para a próxima temporada - a terceira consecutiva da equipe na Série B do Campeonato Brasileiro. A partir da formalização da SAF, o próximo passo é captar investidores, o que já vem sendo feito pelo clube em parceria com a XP Investimentos.

"Agradeço muito a todos os envolvidos, entre Alvarez & Marsal, Ernst & Young, Volpini & Batista e todos os que foram decisivos para que SAF do Cruzeiro saia do papel. E repito o que já disse algumas vezes, publicamente: nosso trabalho é para deixar o Cruzeiro sólido e equilibrado para nossos filhos e netos. Seguimos firmes nesse propósito", completou o dirigente.

Futebol