PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

'Peço desculpa à torcida', diz Marcos Braz em desembarque do Flamengo

Alexandre Araújo

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro (RJ

28/11/2021 08h07

Classificação e Jogos

Após o vice da Libertadores, a delegação do Flamengo desembarcou no Rio de Janeiro na manhã de hoje (28). Marcos Braz, vice-presidente de Futebol, concedeu uma breve entrevista, pediu desculpa à torcida rubro-negra e indicou que o departamento de futebol vai discutir o futuro a partir de amanhã (29).

O time da Gávea perdeu por 2 a 1 para o Palmeiras, em Montevidéu, no Uruguai. O segundo gol do Verdão aconteceu na prorrogação, após o empate em 1 a 1 no tempo regulamentar.

Um problema que houve na imigração atrapalhou os planos do Flamengo, e o desembarque do clube na Cidade Maravilhosa, na manhã de hoje (28), aconteceu com atraso.

Questionado sobre o futuro do técnico Renato Gaúcho, Marcos Braz indicou que as decisões serão tomadas com calma.

"Já tem treinamento marcado, já tem toda uma programação feita. Não foi o resultado que a gente queria, que a gente esperava, mas é vida que segue e a gente tem que chegar e se recompor, tem de fazer os ajustes que têm de fazer, com calma. Faltam pouquíssimos jogos para o final do Campeonato Brasileiro, jogos importantes, que tem mais alguns pontos para que possa disputar, ou que fique ali e acabe com dignidade o Campeonato Brasileiro. É o que temos de fazer para mostrar a grandeza do Flamengo. Em relação a Montevidéu, não era o que a gente esperava e queria, mas a gente tem de chegar, ter força, tranquilidade para a gente seguir", disse.

desembarque - Alexandre Araújo/UOL - Alexandre Araújo/UOL
Desembarque da delegação do Flamengo no Rio de Janeiro após a final da Libertadores 2021
Imagem: Alexandre Araújo/UOL

"Em relação a técnico, chegamos agora. Tivemos um atraso de mais de três, quatro horas. Teve um problema na imigração, está todo mundo virado, mas não deixei de atender a imprensa com calma e tranquilidade. Na segunda-feira vamos começar a tocar a vida. Isso não quer dizer que não vai seguir. Temos uma programação para ser feita e, na segunda, a gente começa a decidir alguns pontos que a gente entenda que possa fazer de correção pra que se acabe a temporada", completou.

Logo depois, Braz reforçou que a cúpula vai analisar o atual cenário com calma, e se desculpou com a torcida.

"Não tem decisão, a gente está virado. O que eu posso contribuir pra vocês é que o Renato tem contrato com o Flamengo até 31 de dezembro. Com calma, vamos tomar as decisões que precisam ser tomadas. Não era o que eu queria, não era o que o Flamengo queria. Peço desculpas à torcida, principalmente àqueles que se empenharam de ir para Montevidéu. Mas vida que sege, vamos tocar da maneira que tem de tocar aqui e vamos reverter esse quadro".

De olho no Brasileirão

Ainda com chances matemáticas de título, o Flamengo está na segunda colocação do Campeonato Brasileiro, e volta a campo na terça-feira, contra o Ceará. A equipe rubro-negra soma 67 pontos em 34 jogos, oito a menos que o líder Atlético-MG, que joga hoje, contra o Fluminense, às 16h (de Brasília).

Flamengo