PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Diego Aguirre: Inter ficou "um pouco perdido" após gol do Santos

Ricardo Duarte/Inter
Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

28/11/2021 22h09

Classificação e Jogos

O Internacional abriu o placar, no final do primeiro tempo, mas logo na arrancada da etapa final viu o Santos empatar o jogo de hoje (28), em Porto Alegre, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. E depois do resultado de 1 a 1, Diego Aguirre falou sobre as escolhas para iniciar a partida, substituições e atuação colorada. Nas palavras do treinador, o time sentiu o empate, mas depois reagiu a ponto de gerar lamento pelo empate.

Luiz Felipe, contra, fez o gol do Inter. Marcos Leonardo marcou para o Santos.

"Quando levamos o gol, ficamos um pouco perdidos e tivemos um momento ruim, mas acho que não foi todo o segundo tempo. Foi nos primeiros 15 minutos. Depois, o time buscou, teve chances claríssimas de gol e a bola não entrou. Acabamos empatando o jogo que obviamente sabíamos que tínhamos que ganhar", disse Diego Aguirre.

No primeiro tempo, o Inter teve mais a bola e chegou a acumular várias tentativas. De perto e de longe. Mas Fábio Carille mexeu no jogo no intervalo. O Santos se impôs e teve chances para virar na arrancada da etapa final. As mudanças promovidas por Diego Aguirre foram muito questionadas, por quem estava no estádio e vaiou, e nas redes sociais.

"Johnny estava com amarelo, era nosso único volante de marcação e tinha risco alto de levar outro cartão. Tínhamos o Zé Gabriel (como opção para a função), só ele. Depois, o Palacios vinha de quantidade de jogos importante e achamos que estava caindo de rendimento. E colocamos três zagueiros (na sequência) para lidar melhor com o jogo e buscar alternativas", explicou o treinador uruguaio.

Em outro trecho da entrevista coletiva, Aguirre disse que o repórter estava sendo exagerado. A declaração surgiu após pergunta sobre as vaias do público, durante e depois da partida com o Santos.

"Talvez você esteja exagerando um pouco, com tanta coisa negativa. Não escutei as vaias, tanto assim. No começo, talvez pelo foco no jogo. Desde que a torcida voltou, foram só aplausos e só momentos bons. Muitas coisas a gente entregou a eles e a torcida foi importantíssima (sic). Hoje, empatamos em casa um jogo que deveríamos ganhar e entendo que a torcida tenha o pensamento que temos que ganhar todos os jogos. Mas está tudo bem. Me sinto muito bem quando a torcida vem, apoia. É normal… Não vencemos e é normal ter vaia ou alguma situação incômoda. Não temos muita coisa para falar da torcida. Eles sempre estão e precisamos deles", declarou Diego Aguirre.

O Internacional, agora, tem 48 pontos e ocupa a nona posição na tabela do Campeonato Brasileiro. Nas duas rodadas finais, o time enfrenta Atlético-GO em Porto Alegre e Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista.

Futebol