PUBLICIDADE
Topo

Santos

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Brino: 'Marcos Leonardo foi o melhor do time'; vejas as notas do Santos

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

28/11/2021 23h19

O Santos visitou o Internacional, na noite de hoje (28), e empatou em 1 a 1, chegando a 46 pontos no Campeonato Brasileiro. O resultado fez com que a equipe da Vila Belmiro permanecesse no meio da tabela, com um possível rebaixamento descartado, mas longe da briga por uma vaga na Libertadores.

Na Live do Santos, transmitida pelo UOL Esporte após os jogos do Peixe, Gabriela Brino e Maurício Barros analisaram a atuação da equipe do técnico Carille e elegeram Marcos Leonardo, autor do gol, como o melhor em campo.

Veja as notas dos jogadores:

João Paulo

Gabriela Brino: "Minha nota para o João Paulo foi 7,5. Foi muito exigido, trabalhou bastante. Teve de dar seus pulos ali, até se machucou em uma das defesas. Enfim, providencial para o Santos conseguir este empate, o Internacional deu trabalho para ele no primeiro tempo. Merece esse 7,5" - 7,5

Maurício Barros: "Concordo em gênero, número e grau. Foi muito importante mais uma vez, recuperando a confiança. E ele tem sido crucial nestes últimos jogos, que livraram a barra do Peixão" - 7,5

Madson e Lucas Braga

Maurício Barros: "Madson, para mim, 5,5. Foi muito discreto hoje, esperava mais dele, principalmente nas ações ofensivas, que ele é forte, e perdeu aquele gol que poderia ter dado a vitória para o Santos" - 5,5

Maurício Barros: "E Lucas Braga 6,0. Embora não tenha aparecido individualmente, tem se sacrificado, tem sido taticamente muito útil" - 6,0

Gabriela Brino: "Eu concordo. Vou tirar 0,5 do Madson porque eu esperava mais dele no ataque e perdeu aquele gol, né? Perdeu aquele gol praticamente feito. É ruim falar "feito", mas tinha possibilidade de marcar. Então, vou tirar esse 0,5 dele" - 5,0

Gabriela Brino: "Lucas Braga apesar de não ter... Acho que ajudou muito no ataque, esse é o ponto. Primeiro tempo ele demorava na recomposição. A recomposição dos dois lados foi ruim, acho que por conta desse afastamento de linha que comentei, demorava a voltar. Então, o fôlego foi embora rápido. Apesar dessa ressalva, acho que ele foi muito bem no ataque, no segundo tempo conseguiu dar muita opção. Então, 6,5 para ele" - 6,5

Kaiky, Luiz Felipe e Danilo Boza

Maurício Barros: "O trio de zagueiros. Kaiky eu dei 6,0 para ele. Um pouco mais discreto, mas esteve seguro" - 6,0

Maurício Barros: "Luiz Felipe eu dei 5,0. Foi infeliz, então, não dá para não derrubar a nota dele" - 5,0

Maurício Barros: "E o Boza eu dei 6,5, pela consistência no lado esquerdo, um lado bastante perigoso do ataque do Internacional. Acabou tendo bastante trabalho e acabou indo bem" - 6,5

Gabriela Brino: "Eu fiz quase a mesma coisa, mas eu mudei uma nota. O Kaiky eu dei 6,5, acho que ele vem tendo jogos muito regulares, acho que isso é um ponto muito importante para a zaga. Ele consegue se manter, realmente, na mesma qualidade ali na zaga. Acho que, realmente, foi um dos melhores por ali. Então, 6,5" - 6,5

Gabriela Brino: "Luiz Felipe eu mantive sua nota, 5,0 também pelo gol contra. Apesar de ter mantido a confiança, acho que tem de tirar pontos dele" - 5,0

Gabriela Brino: "E o Boza mantive com 6,0, que também está me surpreendendo nesta parte de regularidade. Não tem uma qualidade tão boa com a bola no pé, mas defendendo ele tem um estalo bom" - 6,0

Vinícius Zanocelo e Felipe Jonatan

Maurício Barros: "Vamos aos dois volantes? Zanocelo nota 6,0. Do ponto de vista da armação, achei mais discreto. Cadencia bem o hoje, vira a bola quando é necessário desafogar, clarear o jogo, e hoje esteve um pouco abaixo dessa capacidade técnica" - 6,0

Maurício Barros: "Felipe Jonatan nota 5,0. Para mim, foi o pior do time porque não contribuiu nem na marcação e nem nas jogadas de ataque. Pelo meio, principalmente no primeiro tempo, foi onde o Inter mais incomodou" - 5,0

Gabriela Brino: "Eu concordo, estamos afinados hoje nas notas. Acho que Zanocelo entregou menos do que poderia hoje. Vamos fazer essa ressalva do afastamento das linhas também, mas acho que poderia ter entregue um pouco mais hoje. Então, vou deixar ele na média, porque, enfim, jogo um pouco abaixo em relação ao último. Contra o Fortaleza senti ele mais com vontade de jogo" - 6,0

Gabriela Brino: "E o Felipe Jonatan sumiu hoje, né? Felipe Jonatan sumiu, senti bastante falta. Ele que é um cara que entrega bastante, consegue fazer a diferença na parte ofensiva, hoje ele sumiu, entregou muito menos do que pode. Então, pontinho a menos para ele" - 5,0

Gabriel Pirani

Maurício Barros: "Hoje mais discreto do que no último jogo, mas não chegou a fazer uma partida ruim. Para mim, o Pirani hoje levou nota 6,0" - 6,0

Gabriela Brino: "Para mim, 6,5. Apesar de ter sido um pouco mais discreto, e eu concordo, ele dá muita opção na frente. Acho que é um dos que mais dá opção na frente, inclusive. Então, acho que ele merece 0,5 a mais pelo que oferece na frente e pelos passes também" - 6,5

Ângelo e Marcos Leonardo

Gabriela Brino: "Marcos Leonardo acho que foi o melhor do time. Vou dat 8,0. Entrou muito raçudo, querendo jogo, querendo atrapalhar a defesa do Inter que estava muito bem no início do jogo. Depois conseguiu ser desmontada pelo Marcos Leonardo. Acho que ele surpreendeu e conseguiu entregar mais do que poderia até, porque começou a jogar há pouco tempo com o Carille, né? Não estava sendo utilizado e voltou querendo mostrar porque precisa renovar este contrato. Merece esse 8,0 pelo que entregou hoje, fez gol, quase deu uma assistência, passe muito bom ali na frente" - 8,0

Gabriela Brino: "Ângelo também me surpreendeu, é um cara muito leve. Joga muito liso, também deu um trabalho ali no segundo tempo. Merece um 7,0" - 7,0

Maurício Barros: "Achei que foi bondosa com o Ângelo. Eu dei 0,5 ponto a menos, 6,5. Não achei que foi tão protagonista nas jogadas de ataque, mas, enfim, foi incansável. Lutou o jogo inteiro durante todo o período em que esteve em campo" - 6,5

Maurício Barros: "Marcos Leonardo foi o melhor do time, para mim. Também dei nota 8,0. Jogador que precisa ser bem cuidado de todos os pontos de vista, físico, técnica, psicológico, porque é mais uma joia que surge da base santista tão pródiga e tão fértil. Ele já havia mostrado muita personalidade, contou com sorte quando bateu o pênalti contra o Fortaleza, fez o segundo gol. Fez o gol hoje novamente, fez um gol que, para mim, valeu, que era o segundo gol do Santos, e a arbitragem resolveu anular"

Camacho

Maurício Barros: "Entrou no intervalo e acho que foi a melhor substituição, o melhor dos que entraram, e um dos melhores do jogo, inclusive. 7,5 para ele, entrou e deu a consistência que faltava em termos de marcação e cadência que o Zanocelo e Felipe Jonatan, os dois, não estavam conseguindo. O Internacional, no segundo tempo, parou com aquelas arrancadas verticais rumo ao gol" - 7,5

Gabriela Brino: "Concordo com sua nota, 7,5, por tudo que você pontuou. Entrou, mudou... Principal ponto para mim, mudou o jogo. Acho que além do Carille ter arrumado e ajustado esse espaçamento que tinha entre as linhas, ter organizado mais o time, e o Inter recuou um pouco, o que ajudou. Mas o Carille ter percebido que o time jogou mal no primeiro tempo por conta dessas linhas afastadas... Juntou um pouco mais essas linhas e colocou o Camacho.. Camacho jogou demais hoje, acho que merece esse 7,5. Conseguiu parar o Inter, marcação muito boa. Acho que ele arrumou aquele meio de campo" - 7,5

Sandry

Maurício Barros: "Muito legal ele ter voltado, e voltou a fim. Muito importante como volante ele dar o combate e fazer a bola circular para deslocar a linha de marcação, a primeira linha de marcação dos adversários. Então, muito bacana. Entrou e levou 6,0" - 6,0

Gabriela Brino: "Eu vou deixar com 6,5. Você falou que ele entrou querendo jogo, acho que ele entrou muito bem pelo tempo que ficou parado também. Ele tem técnica, desde sempre mostrou que é um cara muito técnico. E o passe dele, além de ser muito bom, ele consegue desarmar com uma facilidade" - 6,5

Carlos Sánchez e Lacava

Maurício Barros: "Para mim, 6,0 para os dois" - 6,0

Gabriela Brino: "Não sei se os outros a gente merece dar nota, né? Deixa o 6,0 com Sánchez. Raniel pouquíssimo tempo"

A próxima edição da Live do Santos será na próxima segunda-feira (6), logo após a partida contra o Flamengo, pelo Brasileiro. Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do Santos no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no Youtube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Santos