PUBLICIDADE
Topo

Internacional

O que houve com os volantes que o Inter tentou contratar na última janela

Volante Filipe Augusto, do Damac, da Arábia Saudita, foi alvo do Inter - Divulgação/Damac
Volante Filipe Augusto, do Damac, da Arábia Saudita, foi alvo do Inter Imagem: Divulgação/Damac

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

27/11/2021 04h00

É clichê nas relações atuais. Depois de algum flerte, o tempo passa e trata de afastar quem poderia ter se unido. Mas o mesmo agente da separação provoca a "saudade do que não vivemos". Eis que é a vez de ele entrar em cena: o "oi, sumido". A mensagem que mira reaver laços que foram ou não construídos ronda, agora, a procura do Inter por volantes. Na última janela do mercado da bola, três tentativas sem sucesso aconteceram. E será que o antigo affair vai responder dessa vez?

Como contou o UOL Esporte na ocasião, o Internacional investiu três vezes na última janela de transferências para contratar marcadores de meio-campo. A análise do grupo é a mesma feita atualmente e aponta para escassez de opções nesta faixa do campo. Lindoso e Dourado são titulares, Johnny, o reserva, mas não há novas alternativas. Tanto que, no último jogo, Diego Aguirre utilizou Edenilson — que se consolidou na equipe jogando aberto pela direita — deslocado para o centro. A opção, que resultou na opção por Saravia pelo lado, não deu certo.

Mas, ao que tudo indica, a "fila andou". O primeiro alvo antigo do Inter é Gabriel Pires, que na época defendia o Benfica, de Portugal. O jogador de 28 anos recebeu investida por empréstimo, mas recusou o plano de atuar no futebol brasileiro. No fim de setembro do ano passado, ele foi cedido ao Al-Gharafa, do Qatar, em vínculo de empréstimo que vai até o meio do ano que vem. Até agora ele tem apenas oito jogos pelo clube, com um gol e três assistências.

Outro procurado pelo Inter foi Filipe Augusto, de 28 anos. O meio-campista defendia, na época, o Rio Ave, no mesmo país. A negociação não teve sucesso dada proximidade com o fim da janela de transferências. Filipe acabou assinando com o Damac, da Arábia Saudita, clube pelo qual tem dois gols em sete jogos.

O último "oi, sumido" que o Colorado poderia mandar é para Gustavo Assunção, de 21 anos, que foi procurado quando era parte do elenco do Famalicão, também em Portugal. O jovem, porém, conquistou destaque na Europa e partiu para empréstimo com cláusula de compra de 4 milhões de euros (R$ 25 milhões na cotação atual) ao Galatasaray, da Turquia. Por lá jogou apenas dois jogos, o último deles em outubro.

Neste caso, porém, a chance do clube gaúcho conseguir sucesso aumenta. Segundo o jornal "O Jogo", de Portugal, os turcos estão dispostos a antecipar o fim do empréstimo, que vence no meio de 2022.

O Inter foca suas atenções em dois nomes. Internamente, o clube debate investidas em Andrey, do Vasco, e Felipe Melo, do Palmeiras. Mas ainda que os "novos contatinhos" sejam prioridade, aquele nome mais antigo na agenda pode acabar reaparecendo.

Internacional