PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

André Rocha: 'Nota 0 para o Renato Gaúcho'; veja as notas do Flamengo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

27/11/2021 22h03

O Flamengo perdeu a final da Libertadores para o Palmeiras, na tarde de hoje (27), em Montevidéu, no Uruguai. Após o empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, o triunfo do Verdão aconteceu com gol de Deyverson, no primeiro tempo da prorrogação.

Na Live do Flamengo, transmitida pelo UOL Esporte após os jogos do Rubro-Negro, André Rocha e Renato Maurício Prado analisaram a atuação do time da Gávea. Os colunistas criticaram o técnico Renato Gaúcho, e lembraram o erro do volante Andreas Pereira.

Veja as notas dos jogadores e do técnico Renato Gaúcho

Diego Alves

André Rocha: "Acho que os dois gols foram bolas defensáveis. Não foram finalizações... A primeira mais complicada de pegar, mas a do Deyverson... Goleiro tem de estar mais firme em um lance desse porque o companheiro falhou, né? O goleiro tem de salvar essas bolas difíceis, como o Weverton salvou algumas. Diego ficou devendo. Vou dar nota 5,0. No final, lutou, foi para a área. Vou dar nota 5,0" - 5,0

Renato Maurício Prado: "Eu te acompanho no 5,0. Eu só discordo de você na análise das falhas. Acho que a falha do primeiro gol foi maior que a do segundo. A do segundo o cara entrou na cara dele, né? A do primeiro a bola foi chutada com uma razoável distância, da entrada da área, e ele deixou a bola passar debaixo do corpo. Para justificar o 5,0, fez uma grande defesa no segundo tempo, em um chute que ele pegou no ângulo" - 5,0

Isla

André Rocha: "O lance do gol tem um desmarque do Raphael Veiga, mas não dá para culpar o Isla. Ele estava meio nervoso, fazendo umas faltas ali e tal, ficou um pouco confuso pela movimentação do Gustavo Scarpa, Raphael Veiga. Acho que dentro do planejamento do Renato devia ser outra coisa e o Palmeiras acabou surpreendendo. Não comprometeu, mas também não foi bem mais uma vez. Nota 5,0" - 5,0

Renato Maurício Prado: "Eu vou dar nota 4,0 porque acho que ele foi um dos que dormiram... Vários dormiram ali no Raphael Veiga entrando e ninguém prestando a atenção. E no ataque ele foi absolutamente nulo. Então, vou dar nota 4,0, com boa vontade" - 4,0

Matheuzinho

André Rocha: "Matheuzinho tentou mais, mas o problema todo é que, depois, ficou tudo desorganizado. O time ficou bagunçado, com o Kenedy aberto na direita, canhoto, e ele não passava ali. Começou a ir para o meio, porque estava um vazio no meio, naquela reta final de jogo. Ele tentou, lutou, participou, fez cruzamentos. Ele é melhor que o Isla, né? Ano que vem tem de começar ele de lateral-direito titular" - 6,0

Renato Maurício Prado: "Vou dar 5,0. Vou mais que para o Isla, mas acho que ele também não conseguiu resolver nada" - 5,0

Rodrigo Caio

André Rocha: "Rodrigo Caio não comprometeu. Não tem nenhuma grande falha ali. O primeiro gol não tem falha dele. E ele tentou, tentou corrigir algumas coberturas ali pelo lado direito. Lutou, fez aquelas faltas dele. Foi uma atuação razoável. Vou dar nota 6,0" - 6,0

Renato Maurício Prado: "Vou dar 5,0. Não achei também que resolveu nada. Muitas bolas... Eu me desespero com aquele negócio de saidinha de bola. Flamengo perdendo, precisando, e aí fica tocando de um lado para o outro, de um lado para o outro, e até recua para o goleiro. E foi em uma tentativa de recuar para o goleiro que deu no que deu" - 5,0

David Luiz

André Rocha: "David Luiz tentou também sair para o apoio, as jogadas, articular. Tentou uma jogada que o Everton salvou, em uma jogada de bola parada. Fez o que deu. Nota 6,0" - 6,0

Renato Maurício Prado: "Vou te acompanhar no 6,0, mas eu esperava mais do David Luiz. Esperava mais da loucura do David Luiz. Ali no final, principalmente da prorrogação, esperava que ele fosse. Era a hora de fazer isso porque perder de 2 a 1 ou 3 a 1 era a mesma coisa. Tive essa esperança, que só ficou perto de concretizar nesta bola que você falou, que, por sinal, foi a única bola bem dada pelo Everton Ribeiro, uma cobrança de falta que ele [David Luiz] ficou na cara do Weverton, e quando tentou cruzar, o Weverton fez uma grande defesa" - 6,0

Filipe Luis

André Rocha: "Filipe Luiz nem jogou direito, e o lance do gol eu não vejo culpa nele. O erro é no sistema de marcação. Ele tinha de ir no Dudu mesmo, ele não fez nada errado ali. O erro foi de não ter a orientação para ele de que não deveria ter feito aquilo, ou a orientação de que o Bruno tinha de ir com o Mayke até o final. Não vi tanto erro dele, nota 6,0 também" - 6,0
Renato Maurício Prado: "Eu vou dar nota 4,0. Eu vi erro, sim. A bola foi nas costas dele, ele não tinha de ter saído no Dudu. Para mim, o primeiro gol ficou na conta dele. Por isso, vou dar nota 4,0 para ele. Com dor no coração porque acho um jogadoraço, mas acho que acabou também. A contusão dele hoje no primeiro tempo, para mim, indica claramente que o físico dele abriu o bico" - 4,0

Renê

André Rocha: "Renê o erro foi quem colocou no banco, e aí foi obrigado a colocar em campo. Jogador limitado. Um jogo desse tamanho, o jogo ficou grande demais para ele. Até tentou, lutou, mas é fraco e não vive um bom momento. Já viveu melhor momento na carreira, em 2018 ele fez um bom Brasileiro, mas agora não dá. Comparado com o Filipe Luis, está em um nível abaixo, e comparado com o Ramon, também está abaixo. Renato vai ter de explicar por que optou pelo Renê e não pelo Ramon" - 4,0

Renato Maurício Prado: "Vou dar nota 4,0 também, te acompanho, mas acho que tem de mandar ele embora. Tem de vencer, negociar, emprestar, fazer qualquer coisa porque, se não, não vai deixar o Ramon se desenvolve corre o risco de o técnico fazer uma lambança como essa do Renato" - 4,0

Arão

André Rocha: "Nota 7,0 porque ele jogou muito, só que com a ressalva do erro de posicionamento no primeiro gol. Muito espaço ali nas costas. Quando acontece isso, que faz essa jogada rápida, o Arão, o Gerson também demorava a responder. O gol do River Plate não foi exatamente igual, foi em uma circunstância diferente, mas também foi uma jogada no lado direito que os volantes demoraram a chegar. Quando a bola vem do fundo, eles dormem. O Arão tem essa coisa de dormir neste tipo de jogada. Hoje foi mais em velocidade, mas tem erro de posicionamento aí também" - 7,0

Renato Maurício Prado: "Nós vimos um jogo diferente mesmo. Eu achei o Arão horroroso. Vou dar nota 4,0 para o Arão" - 4,0

Andreas Pereira

André Rocha: "Atuação comprometida pelo erro, né? Erro grosseiro e decisivo. Até jogou bem, fez boa partida, mas um erro daquele é imperdoável" - 3,0

Renato Maurício Prado: "Nota 1,0. Entregou o jogo, a verdade é essa. Vinha bem, mas entregou o jogo" - 1,0

Pedro

Renato Maurício Prado: "Pedro entrou no lugar dele, e não teve muito o que fazer. Não vale a pena dar nota"

Everton Ribeiro

André Rocha: "Muito mal, muito mal. Esperando a bola no pé. Sofreu vários desarmes por ficar esperando a bola no pé, vendo que a marcação estava muito forte ali no setor esquerdo. Todo mundo fechando o lado esquerdo porque sabia que ali era a jogada de profundidade do Flamengo, e ele esperando a bola com o setor congestionado, tentando driblar. Tomou muita decisão errada. Melhorou um pouco no segundo tempo, mas, ainda assim, atuação muito fraca" - 4,0

Renato Maurício Prado: "Vou dar 1,0 por aquele passe que ele deu para o David Luiz, mas, para mim, é outro jogador que acabou. Simplesmente acabou, não dá mais. Esquece Everton Ribeiro" - 1,0

Arrascaeta

André Rocha: "Dá para dizer que ele foi heroico. O que ele fez no jogo foi impressionante, de lutar, de tentar se superar as próprias dificuldades. E mais surpreendente ainda foi voltar para o segundo tempo com mais vontade, com mais raça, e colaborando com o time. Poderia ter sido o cara responsável de duas assistências se o Flamengo tivesse vencido com aquele gol do Michael. Vou dar nota 8,0 para ele, para mim foi o melhor do Flamengo" - 8,0

Renato Maurício Prado: "Concordo que foi o melhor. Muito abaixo do Arrascaeta quando está na ponta dos cascos, mas, ainda assim, para mim, o melhor em campo. E principalmente, como você disse, heroico porque ele não tinha condição de jogar os 90 minutos" - 8,0

Vitinho

André Rocha: "Não fez muita coisa. Entrou totalmente mal posicionado. Renato adora ferrar o Vitinho. Vitinho já entrou de lateral-esquerdo, agora de meio de campo, ele não é esse jogador. Se não for para colocar o cara na posição dele... Olha a diferença, o time precisando virar um jogo, em 2019, Vitinho entrou na ponta direita, time organizado para tentar pressionar. Vitinho hoje, foi, mais uma vez sacrificado"

Renato Maurício Prado: "Concordo com você, sem nota"

Bruno Henrique

André Rocha: "Bruno Henrique teve o erro no lance do gol, ele não acompanhou o Mayke. Falhou, né? E, na frente, ele contribuiu pouco. Lutou, tentou, cresceu naquela hora que o jogo ficou mais aleatório, ganhou dividida, tentou levar o time para frente" - 6,0

Renato Maurício Prado: "Vou dar 5,0 porque esperava mais dele. Realmente, a jogada... Talvez, aquela tenha sido a jogada mais bonita do Flamengo. Aquela jogada típica, o Gabigol coloca na cabeça do Bruno Henrique, e o Bruno Henrique cabeceou para o Arrascaeta, Aquele teria sido um gol digno dos melhores momentos do Flamengo. Ele está mal fisicamente" - 5,0

Kenedy

André Rocha: "Jogou alguns minutos, mas o problema todo é que um cara canhoto, para jogar pelo lado direito, tem de ser em um time ajustado porque, se não, vai ficar só pegando bola ruim sem o lateral estar passando ao lado dele, sem um companheiro para tabela, e aí fica muito mais difícil. Fica nesta aleatoriedade de contar com a individualidade, e fica mais difícil contar com o Kenedy. Chegou, covid, ganhou peso, perdeu peso, não teve minutos... Não vai acrescentar muita coisa. Vou dar nota 5,0 porque, ao menos, tentou ali, mas não era o jogador para virar um jogo para o Flamengo em uma final de Libertadores" - 5,0

Renato Maurício Prado: "Eu acho que nem deveria ter entrado, mas lutou. Concordo com você, pela luta, nota 5,0" - 5,0

Gabigol

André Rocha: "Gabigol valeu pelo gol, né? Acho que tomou muita decisão errada, tecnicamente não foi bem no jogo. Mas tem uma personalidade absurda, não se abate, vai tentando se superar no jogo. E, de tanto tentar, acabou conseguindo. Foram lampejos, lances sem consistência, mas pelo gol, nota 7,0" - 7,0

Renato Maurício Prado: "O Gabigol tem uma coisa que começa a me incomodar. Gabigol tem de treinar perna direita. A quantidade de jogadas que ele vai mal porque ele não tem a perna direita... Hoje teve um contra-ataque que ele ia entrando completamente livre, mas não conseguiu se ajeitar para colocar a bola na perna esquerda, e acabou perdendo o lance. Vou dar 6,0, esperava mais dele" - 6,0

Michael

André Rocha: "Perdeu o lance do título, mas é aquilo, ele é um jogador que tenta, jogador que busca. Era difícil passar pelo Piquerez, que tem muito mais corpo que ele, depois que vou para o lado esquerdo se situou melhor, mas o time se desorganizou muito. Não foi decisivo, não contribuiu tanto. Teve a bola do título, mas falhou" - 5,0

Renato Maurício Prado: "Vou dar 6,0" - 6,0

Renato Gaúcho

André Rocha: "Nota 0 para o Renato. Pode ficar pelo Sul mesmo, se quiser já acerta com o Grêmio e deixa o Flamengo em paz" - 0

Renato Maurício Prado: "Apoio totalmente" - 0

Não perca! A próxima edição da Live do Flamengo será na terça-feira (30), logo após a partida contra o Ceará, pelo Brasileiro. Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do Flamengo no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no Youtube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flamengo