PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-MG segura ansiedade por título que não chegará no fim de semana

Desafio do Cuca é segurar a ansiedade dos jogadores do Atlético-MG - Pedro Souza/Atlético
Desafio do Cuca é segurar a ansiedade dos jogadores do Atlético-MG Imagem: Pedro Souza/Atlético

Victor Martins

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte (MG)

26/11/2021 04h00

Classificação e Jogos

Para o torcedor do Atlético-MG a sensação é de que o Campeonato Brasileiro de 2021 já tem 65 rodadas pelo menos. Sem conquistar a competição há quase 50 anos, os atleticanos não se aguentam mais de tanta ansiedade, uma espera que parece não ter fim. Algo que não é exclusivo dos torcedores, afinal os jogadores que podem tirar o clube de uma fila que foi iniciada em 1971 também estão muito ansiosos. Inclusive, a expectativa é de que tudo terminaria neste fim de semana.

No domingo o Atlético recebe o Fluminense, às 16h. Quer coisa melhor do que comemorar o título no Mineirão com mais de 60 mil pessoas? Era o cenário ideal para voltar a comemorar a conquista do Brasileirão. Porém, não será mais possível. O empate com o Palmeiras, em 2 a 2, pela 35ª rodada, impede uma festa completa no final de semana. A partida diante do Tricolor pode até ficar marcada como a da conquista, mas vai depender de um tropeço do Flamengo diante do Ceará, na terça-feira, no Maracanã.

O jeito será esperar um pouco mais. Dois, três dias ou até mesmo mais uma semana? Não se sabe. O certo é que desde a conversa no vestiário do Allianz Parque, após o empate com o Palmeiras, que o assunto é controlar a ansiedade. O Atlético está muito perto de ser o campeão brasileiro, certamente jamais esteve numa situação tão confortável como agora. Por isso, o trabalho de Cuca até a partida contra o Fluminense está mais voltado na parte mental do que para o campo, já que nesta reta final de temporada há pouco o que se fazer. "Esperou-se tanto tempo, pode se esperar um pouco mais", comentou o treinador atleticano.

Para não deixar o time cair de ritmo, restando quatro rodadas e com chance de título acima de 99%, Cuca lembra da meta traçada por ele lá no começo da temporada, Quando retornou à Cidade do Galo, Cuca sabia que o Brasileirão era a prioridade do clube para a temporada. Para quebrar o jejum de quase 50 anos, o treinador dividiu o Brasileiro em "mini-competições". Por mais que a conquista esteja encaminhada, ainda não é 100%. E o time nem sequer chegou à meta de 76 pontos colocada por Cuca. Com 75, o Galo pode chegar e até passar a marca traçada pelo técnico.

"Não podemos ser campeões no domingo? Tá bom. O importante é ser campeão, não importa quando", afirmou Cuca, que foi campeão brasileiro em 2016, com o Palmeiras, na penúltima rodada.

A ansiedade é tamanha, que após a vitória sobre o Juventude a torcida já soltou o grito de campeão. Mas não foram todos os mais de 61 mil atleticanos que estavam no Mineirão. Foi a maioria, mas teve muita gente que não gostou. A chance de título do Flamengo é de apenas 0,99%, de acordo com o site Probabilidade no Futebol, mas tem atleticano que segue fazendo contas e não quer dar chance ao azar, como tantas vezes aconteceu com o clube.

Por mais que o Atlético não possa confirmar o título no fim de semana, não existe uma frustração. Apenas a ansiedade que fica maior a cada rodada. Pelo menos é o papo entre os jogadores. O foco é é total no jogo com o Fluminense, pois só com uma vitória no domingo para ter chance de título já na terça-feira.

"Não resta dúvidas que o Mineirão, no domingo, estará lotado. Sabemos da dificuldade que vamos enfrentar. Temos que nos manter focados e como eu falo: o que trouxe a gente até aqui, a liderança desde o jogo lá contra o Juventude, no campo deles, foi o nosso trabalho, nossa humildade, nosso empenho. Vai ser assim até terminar. Quando for a hora de gritar 'é campeão', com certeza vai ser no momento certo. A gente tem que continuar focado, trabalhando para que isso aconteça o quanto antes", disse Hulk.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi publicado, o empate entre Atlético-MG e Palmeiras foi pela 35ª rodada, e não pela 34ª. O erro foi corrigido.

Futebol