PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Ex-Vasco, goleiro Jordi renova com Paços de Ferreira até 2024

Goleiro Jordi (dir.) ao lado do presidente do Paços de Ferreira, Paulo Meneses, após renovação de contrato até 2024  - Arquivo Pessoal
Goleiro Jordi (dir.) ao lado do presidente do Paços de Ferreira, Paulo Meneses, após renovação de contrato até 2024 Imagem: Arquivo Pessoal

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/11/2021 10h11

Revelado pelo Vasco, onde teve pouca sequência como profissional, o goleiro Jordi está prestigiado no futebol português. O arqueiro de 28 anos ainda tinha contrato com o Paços de Ferreira até junho de 2022, mas sua renovação foi antecipada e o novo vínculo assinado por mais duas temporadas, até 2024.

Ano passado, Jordi ajudou o Paços a alcançar a histórica campanha que culminou no quinto lugar do Campeonato Português, o que fez o clube se classificar para a Liga Europa, onde acabou eliminado pelo Tottenham (ING).

"Estou muito realizado por essa extensão de contrato. O Paços, desde o início que cheguei na Europa, tem me tratado com muito respeito e carinho. Estou escrevendo meu nome na história do clube e agora terei mais três anos para seguir esse caminho de vitórias", destacou Jordi, na companhia do presidente do clube, Paulo Meneses.

O goleiro se mostrou grato com a renovação e lembrou da importante primeira temporada que teve com o Paços de Ferreira.

"Sou grato ao Paços de Ferreira por ter me dado essa oportunidade logo em meu primeiro ano na Europa. Todo o sucesso que tive foi recompensado neste momento com a renovação. Não é fácil chegar e rapidamente conseguir números expressivos", destacou o goleiro.

Jordi estreou como profissional do Vasco em 2014, mas nunca conseguiu ter uma grande sequência. O ano em que mais atuou foi 2015, com 15 partidas.

Sua temporada de maior destaque no Brasil foi em 2019, quando emprestado ao CSA fez 29 partidas e foi considerado um dos melhores goleiros da Série A do Campeonato Brasileiro daquele ano. Anteriormente, em 2018, já havia sido emprestado ao Tractor Club, do Irã.

Em agosto de 2020, Jordi conseguiu sua rescisão de contrato com o Vasco através da Justiça do Trabalho.

Vasco