PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Trajano: Torcida do Flamengo tomou como desrespeito a atitude do Renato

Do UOL, em São Paulo

24/11/2021 11h56

Classificação e Jogos

O empate do Flamengo com o Grêmio depois de ter dois gols de vantagem no placar e o adversário atuar durante 30 minutos com um jogador a menos, deixou o torcedor irritado com o técnico Renato Gaúcho, mas não foi apenas a postura do time que desagradou, mas a do treinador à beira do campo após os gols contra o clube no qual é ídolo e tem estátua.

No UOL News Esporte, José Trajano afirma que pesa contra Renato a história que ele tem no Grêmio e a dificuldade de a torcida compreender a reação nos dois gols marcados por Vitinho, considerando também que o Grêmio luta para não ser rebaixado no Brasileirão.

"Sabe o que pesa contra o Renato? É uma situação sui generis, o fato de dele ser o grande ídolo do Grêmio, de ter uma estátua na porta do clube. Se não tivesse essa coisa, teve Flamengo e Internacional outro dia, não teria essa, pesa contra o Renato, ele botar o time reserva, tudo bem, compreensível, é isso mesmo, tentar a substituição mal feita", diz Trajano.

"Mas o fato de ele não comemorar o gol, de ele ter todo o histórico no Grêmio, o jogo no campo do Grêmio, ter uma estátua na porta do clube, ter sido o maior ídolo de todos os tempos, campeão do mundo, ele fazia uma cara de comeu e não gostou na hora dos gols do Flamengo, uma coisa meio estranha. Isso está pesando contra ele", completa.

O jornalista cita o caso de Rogério Ceni no São Paulo, com parte da torcida ainda com uma relação fria na volta do treinador devido a uma declaração na qual exaltou os torcedores rubro-negros quando ainda treinava o Flamengo.

"Essa história de técnico pesa, até hoje tem uma parte da torcida do São Paulo, acho que é a Independente, que não perdoa o Rogério Ceni, que quando estava lá no Flamengo, ele deu uma declaração aqui é outra história', levantando a moral, o Flamengo, um grande clube, a torcida tomou aquilo como desrespeito ao São Paulo. O que aconteceu ontem? Grande parte da torcida do Flamengo tomou como desrespeito a sua torcida a atitude do Renato e torcedor para entender às vezes a coisa custa", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol