PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro faz proposta para Alexandre Mattos assumir a direção de futebol

Alexandre Mattos tem proposta para voltar ao Cruzeiro - Reprodução/Instagram
Alexandre Mattos tem proposta para voltar ao Cruzeiro Imagem: Reprodução/Instagram

Victor Martins

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte (MG)

22/11/2021 15h59

O planejamento do Cruzeiro para 2022 já começou. Para brigar pelo acesso na próxima temporada, depois de fracassar duas vezes na Série B do Campeonato Brasileiro, a diretoria celeste fez proposta para Alexandre Mattos assumir a direção de futebol do clube. A informação foi divulgada pelo site Deus Me Dibre e confirmada pelo UOL ESPORTE.

No entanto, não é uma negociação simples. A conversa vai além de valores salariais, passa também pelo interesse de outras equipes no dirigente e as condições de trabalho que o Cruzeiro é capaz de ofertar neste momento.

Fora do mercado desde janeiro, quando foi demitido pelo Atlético-MG, Alexandre Mattos segue muito prestigiado entre os clubes brasileiros. Tanto que além do Cruzeiro, o Vasco e uma equipe da Série A sondaram o profissional, que atualmente mora nos Estados Unidos.

Mas Alexandre Mattos não descarta retornar ao Brasil e assumir a diretoria de futebol do Cruzeiro. Porém, o dirigente fez algumas exigências, como a obrigação de manter os salários em dia, o pagamento das dívidas que geraram o transfer ban (cerca de R$ 13 milhões) e orçamento para reformular o elenco estrelado. Algo que neste momento a diretoria cruzeirense não tem a mínima condição de prometer. Por outro lado, o Cruzeiro já se movimenta pensando na transformação em clube-empresa.

Alexandre Mattos tem uma ligação muito grande com o Cruzeiro. Apesar de ter iniciado a carreira no América-MG, que na época estava na Série C e em dois anos já disputava a Série A, foi na direção de futebol da Raposa que Mattos ganhou projeção nacional. Ele foi o responsável por montar o elenco que ganhou o Brasileirão nas temporadas 2013 e 2014. Depois ele seguiu para o Palmeiras e também venceu a Série A em mais duas oportunidades, além de uma Copa do Brasil.

O dirigente também passou pelo Cruzeiro em 2020, durante o processo de reconstrução do clube após o rebaixamento à Série B. Mas foi uma passagem muito curta, que durou somente quatro dias. Alexandre Mattos não ocupava o cargo de diretor de futebol, apenas estava ajudando Pedro Lourenço, que na época fazia parte do Conselho Gestor, o grupo que comandou o clube por cerca de sete meses, entre a renúncia de Wagner Pires de Sá e a posse de Sérgio Rodrigues.

Futebol