PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Campeão e recordista, Ariel Cabral tem despedida melancólica no Cruzeiro

Ariel Cabral venceu pelo Cruzeiro duas Copas do Brasil, 2017 e 2018, além dos Campeonatos Mineiros de 2018 e 2019 - Bruno Haddad/Cruzeiro
Ariel Cabral venceu pelo Cruzeiro duas Copas do Brasil, 2017 e 2018, além dos Campeonatos Mineiros de 2018 e 2019 Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Lohanna Lima

Colaboração para o Uol, em Belo Horizonte (MG)

21/11/2021 04h00

Classificação e Jogos

Estrangeiro com maior número de jogos com a camisa do Cruzeiro, o argentino Ariel Cabral está de saída do clube após seis anos. Bicampeão mineiro e da Copa do Brasil, o volante esteve emprestado ao Goiás no ano passado, retornou nesta temporada, mas entrou em campo apenas 11 vezes. Longe das atuações que o credenciaram como titular em outros momentos, a não renovação de contrato do jogador é vista como um desafogo para os cofres do clube e sem lamentação por parte da torcida.

A confirmação da saída de Ariel Cabral do Cruzeiro veio do técnico Vanderlei Luxemburgo após o jogo contra o Sampaio Corrêa na última quinta-feira (18). A despedida será contra o Náutico, na última rodada da Série B, no Mineirão. Se entrar em campo, o argentino completará 200 jogos com a camisa do Cruzeiro - 15 a mais que Arrascaeta, que vem logo na sequência com 185.

"Ainda temos um jogo contra o Náutico que precisamos somar pontos. Vamos ter casa cheia, convidar o torcedor para a despedida do Rafael Sobis e do Ariel Cabral", disse Luxemburgo.

Saída iminente

Após a partida contra o Brusque, Ariel já havia sinalizado que estava deixando o Cruzeiro. O jogador compartilhou uma foto em suas redes sociais com a legenda "curtindo cada momento até o fim".

Cabral chegou ao Cruzeiro em 2015 quando Luxemburgo estava em sua segunda passagem pelo clube celeste. A vinda ocorreu após longa passagem do volante pelo Vélez Sarsfield, da Argentina. O atleta soma 199 jogos com a camisa do Cruzeiro e quatro gols.

Futebol