PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

Xavi diz que daria chave de sua casa para o 'amigo íntimo' Daniel Alves

Xavi e Daniel Alves em ação pelo Barcelona - Denis Doyle/Getty Images
Xavi e Daniel Alves em ação pelo Barcelona Imagem: Denis Doyle/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/11/2021 10h51

Participando de um jogo no canal oficial do Barcelona no YouTube, o novo treinador do clube catalão, Xavi, falou de sua relação com Daniel Alves - apresentado oficialmente hoje como novo reforço do time. O técnico - que autorizou a contratação do lateral direito - disse que daria as chaves da casa para o brasileiro, já que eles são "amigos íntimos".

No jogo, uma adaptação do "Casa, beija ou some", Xavi escolheu doze nomes, em quatro rodadas, e em cada uma, tinha que selecionar alguém para tomar um café, outro com quem deixaria as chaves da casa e um com quem faria uma pegadinha.

"Com o Luís Enrique, tomaria um café. As chaves da minha casa, deixaria com o Casillas. Com o David Villa, eu faria uma pegadinha. E ele devolveria, com certeza", disse o técnico do Barça na primeira rodada.

Na segunda rodada, quando teve que atribuir as situações a Zidane, Daniel Alves e Rafael Nadal, Xavi demonstrou seu carinho com o brasileiro, explicando o porquê de colocá-lo como alguém a quem daria as chaves de sua casa.

"Tomaria café com o Zidane, para falar de futebol. Faria uma pegadinha com o Rafael Nadal e daria as chaves da minha casa ao Daniel Alves, porque somos amigos íntimos", declarou Xavi, que ainda jogou mais duas rodadas.

"Um café com o Rijkaard, também para falar de futebol. Faria uma pegadinha com o Ronaldinho, que ele ia gostar porque é um brincalhão. Deixaria as chaves da casa com Andrés [Iniesta], um grande amigo. Faria um pouco de bagunça com meus quatro filhos, mas iria muito bem", disse.

"Tomaria um café com Pep. As chaves, para Puyol, somos amigos íntimos. E a pegadinha para o Ibra, que também é brincalhão - parece muito sério, mas é brincalhão. Era o que me daria mais medo, até pelo tamanho mas é um brincalhão", finalizou.

Barcelona