PUBLICIDADE
Topo

Eliminatórias Europeias

Jorginho isola pênalti a la Baggio, e Itália empata contra a Suíça

Jorginho isola pênalti contra a Suíça nas Eliminatórias - REUTERS
Jorginho isola pênalti contra a Suíça nas Eliminatórias Imagem: REUTERS

12/11/2021 18h39

Classificação e Jogos

Itália e Suíça empataram por 1 a 1 hoje, no Estádio Olímpico de Roma, na penúltima rodada das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2022. Com o resultado, os italianos perderam a chance de encaminhar a classificação para Copa do Catar, ainda mais porque, no finalzinho do segundo tempo, o volante Jorginho perdeu um pênalti.

O brasileiro naturalizado italiano chutou por cima do gol suíço, em finalização que lembrou a penalidade perdida por Roberto Baggio na final da Copa de 1994.

Com o resultado, Itália e Suíça seguem dividindo a liderança com 15 pontos cada uma. Os comandados de Roberto Mancini ainda levam vantagem e ficam com a primeira colocação pelo saldo de gols.

Na última rodada das Eliminatórias, segunda-feira (15), a Itália precisa vencer a Irlanda do Norte e torcer contra a Suíça (que enfrenta a Bulgária) para conseguir a vaga direta ao Mundial do ano que vem. Caso contrário, a seleção italiana irá para a repescagem, etapa na qual falhou em conquistar a classificação para a Copa da Rússia, em 2018.

A primeira etapa contou com uma leve superioridade da Suíça, que atacou mais o gol de Donnarumma. No segundo tempo, com o empate no placar, ambas as equipes evitaram se expor e guardaram toda a emoção para a última rodada, que definirá quem se classificará direto e quem passará pela repescagem para chegar na Copa do Mundo do Catar.

Foi quando, nos últimos minutos, Jorginho teve chance de colocar a Itália na frente. Após revisão do VAR, o árbitro deu pênalti para a Itália. Na batida, o meio-campista dispensou a classe que costuma usar e isolou a batida.

Visitantes abusados

A Suíça abriu o placar com 10 minutos de jogo com Widmer. O lateral-direito recebeu uma bola na entrada da área e bateu de primeira com muita força no ângulo de Donnarumma.

Depois disso, os suíços aproveitaram o bom momento e levaram perigo para o gol do arqueiro italiano, que evitou uma possível vantagem dos comandados de Murat Yakin.

A campeã acordou

Mesmo com muita pressão da Suíça, a Itália começou a aparecer mais no jogo a partir dos 30 minutos. Com 35, o lateral Di Lorenzo subiu alto após cruzamento de Insigne e surpreendeu o goleiro Sommer, que não conseguiu evitar o empate dos donos da casa.

Segundo tempo 'quase morno'

Os primeiros 15 minutos de jogo ficaram marcados por um duelo truncado no meio-campo. Visivelmente insatisfeito com o que estava assistindo, o treinador Roberto Mancini fez algumas mudanças para tentar reverter a situação e ir para o último jogo com a classificação direta já encaminhada.

Com o empate no placar, ambas as equipes evitaram se expor e guardaram toda a emoção para a última rodada, que definirá quem se classificará direto e quem passará pela repescagem para chegar na Copa do Mundo do Catar.

Final agitadíssimo

Nos 15 minutos finais, as equipes saíram um pouco mais para o jogo. Em determinados momentos, o goleiro Sommer precisou aparecer um pouco mais para proteger as redes da Suíça.

Para dar mais emoção, o árbitro deu pênalti para a Itália após revisão do VAR. O brasileiro Jorginho não aproveitou a oportunidade, e ainda perdeu a oportunidade aos 44 do segundo tempo.