PUBLICIDADE
Topo

Futebol

"Muito pouco para o Cruzeiro", diz Luxemburgo sobre permanência na Série B

Vanderlei Luxemburgo comanda o Cruzeiro contra o Brusque pela Série B - Fernando Moreno/AGIF
Vanderlei Luxemburgo comanda o Cruzeiro contra o Brusque pela Série B Imagem: Fernando Moreno/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/11/2021 00h52

Embora tenha comemorado a vitória por 2 a 0 diante do Brusque, que praticamente garantiu a manutenção do Cruzeiro na Série B, o técnico Vanderlei Luxemburgo fez uma crítica generalizada ao clube acerca dos resultados obtidos na temporada, em que se esperava o retorno à elite do Brasileirão.

"Gosto de tratar as coisas internamente. Mas falei pros jogadores que isso é muito pouco pra grandeza do Cruzeiro. Tem que pensar na torcida que apareceu aqui hoje", afirmou Luxemburgo durante a coletiva de imprensa depois da partida.

Para o comandante da equipe celeste, o momento agora é de se pensar em planejamento para 2022 e evitar os erros da atual temporada.

"Pensar em 2022 é fazer tudo diferente do que foi feito agora. Se repetir o que fizemos agora, vai ter o que tivemos hoje: a gente feliz porque ficou na segunda divisão. E ano que vem vai ser uma segunda divisão como se fosse a primeira. Vai ser muito complicada e muito difícil. Penso o Cruzeiro assim, com essa torcida. Esse elo entre torcida e time é fundamental, mas tem que ter time", ponderou.

O técnico também fez duras críticas à administração do Mineirão, que não permitiu 100% do público para o jogo pela 35ª rodada da Segundona, como já havia feito em partidas do Atlético-MG na Série A.

"Só não apareceu mais torcedor por causa de política e empresas que só pensam em ganhar dinheiro. E não tem tratamento igual como tem que ser feito. Deixar de botar mais 30 mil pessoas porque a empresa simplesmente cismou que não podia colocar, e nos dias anteriores colocou. É impressionante como tem pessoas que vivem no futebol só pra se aproveitar. Impossível essas coisas acontecerem no futebol, empresas têm que ter a competência para administrar três jogos seguidos", disse o técnico.

Com a vitória diante do time catarinense, a Raposa foi a 46 pontos e assumiu o décimo lugar, ficando oito pontos à frente do Londrina, o 17º colocado. Na próxima rodada, o time de Luxemburgo visita o Vitória, no Barradão, no domingo (14).

Veja outras respostas de Luxemburgo durante a coletiva:

Qual é o planejamento para a reta final? Vai ficar no ano que vem?

"Lembro bem de 2002, quando deixamos de classificar à final do Brasileiro por causa de gols. Eu falei ao término daquele jogo que queria para 2003 que queria jogadores que quisessem ser campeões. Eu quero o Cruzeiro de primeira divisão, que os jogadores fiquem insatisfeitos por derrotas que não podem acontecer. Já falei diversas vezes que quero continuar no Cruzeiro, mas para isso, temos que discutir o que vai ser feito para a próxima temporada. Se não, não fico. Penso num Cruzeiro totalmente diferente do que vi nessa temporada. Eu quero continuar, o Sérgio quer que eu continue, mas temos que sentar e conversar."

Entrada do Sóbis e homenagem ao jogador

"Achei legal colocar ele em campo para a torcida ver um jogador que já conquistou títulos e tem história aqui. O Rafael tem uma história bonita e fatalmente vai estar dentro do futebol. Alguma coisa ele tem que estar no futebol, porque é um rapaz inteligente. Vai ser importante ter essas pessoas dentro do futebol. Estou muito feliz de ver o Edu Dracena entrar como executivo do Santos, o Mauro Silva na Federação Paulista. Os jogadores têm que se preparar para o pós-carreira."

Futebol