PUBLICIDADE
Topo

Duilio reafirma interesse do Corinthians em Paulinho, mas nega acerto

Duilio Monteiro Alves e Bruno Gorgatte no Estádio dos Aflitos em treino do Corinthians - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Duilio Monteiro Alves e Bruno Gorgatte no Estádio dos Aflitos em treino do Corinthians Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Do UOL, em São Paulo

04/11/2021 11h31

Duilio Monteiro Alves, presidente do Corinthians, reafirmou o interesse do clube em contar com o futebol do volante Paulinho na próxima temporada. O cartola deu detalhes da negociação que aconteceu nos últimos meses e acabou não se concretizando e abriu as portas do CT Joaquim Grava para o meio-campista manter a forma física antes do início de 2022.

"Conversamos muito antes de fechar a janela e isso não é segredo para ninguém. Acabamos não acertando e ele seguiu a vida dele. O Paulinho é um desejo e acho que todos os corintianos o querem de novo aqui. Ganhou tudo no Corinthians com raça e entrega, é a nossa cara. Eu quero muito tê-lo aqui, o treinador também. É uma pessoa incrível e a qualidade é indiscutível. É uma possibilidade, mas ainda é cedo", informou Duilio em entrevista ao podcast Hi!Cast.

De fato, no primeiro semestre deste ano, Paulinho e Corinthians negociaram o retorno do jogador do clube do Parque São Jorge. Na época, prevaleceu o desejo da família em seguir atuando fora do Brasil e o volante acabou indo parar no Al-Ahli, da Arábia Saudita. A passagem pelo país do Oriente Médio durou apenas quatro partidas e o contrato foi rescindido.

Atualmente, o jogador está sem clube já que a janela de transferências está fechada e reabre apenas no ano que vem. A tendência, no entanto, é de que Paulinho acerte seu retorno ao Corinthians já que existe o interesse mútuo entre ambas as partes. As negociações, no entanto, serão reabertas apenas após o fim da próxima temporada.

"Pode vir para cá treinar independente de a gente acertar. Qualquer atleta que passou aqui tem portas abertas. O Paulinho nem se fala, além de tudo é amigo. Ele sabe disso. Contrato mesmo vamos ver mais para frente e na hora certa", finalizou o presidente do Corinthians deixando as portas abertas para o volante treinar no CT Joaquim Grava.