PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Rigoni lidera participações em gols do SPFC no BR; Nestor supera Benítez

Rigoni comemora gol do São Paulo contra o Red Bull Bragantino - Miguel SCHINCARIOL/São Paulo FC
Rigoni comemora gol do São Paulo contra o Red Bull Bragantino Imagem: Miguel SCHINCARIOL/São Paulo FC

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

28/10/2021 04h00

Classificação e Jogos

Contratado no fim de maio a pedido de Hernán Crespo, Emiliano Rigoni rapidamente caiu nas graças do torcedor são-paulino. Os números do argentino em campo mais do que justificam o carinho conquistado no São Paulo. Em levantamento feito pelo UOL Esporte, o atacante lidera com folga o número de participações em gols do time do Morumbi na atual edição do Brasileirão.

Foram considerados como participações em gols os passes para assistências, as assistências e os gols feitos pelos jogadores do São Paulo durante o torneio. Em 28 jogos, o time do Morumbi marcou apenas 22 gols, sendo o segundo pior ataque da competição - o Sport é o lanterna com 15 gols.

Dos 22 gols marcados pelo time, oito tiveram participação de Rigoni. O argentino foi responsável por quatro assistências e quatro gols. Atualmente, ele se recupera de um estiramento muscular e é dúvida para o duelo contra o Internacional, no domingo (31), no Morumbi.

A segunda posição do ranking é ocupada por Rodrigo Nestor. Mesmo sem ser titular absoluto da equipe, a cria de Cotia participou de quatro gols. Nos 23 jogos em atuou, Nestor deu quatro assistências.

Os números são bastante superiores aos de Martín Benítez, seu principal concorrente por uma vaga no meio de campo do São Paulo. Depois de um período em que conviveu com lesões e perdeu espaço com Hernán Crespo, o argentino atuou em 16 jogos no Brasileirão, mas participou de apenas um gol. No empate por 2 a 2 com o Cuiabá no primeiro turno, Benítez balançou as redes após assistência de Rigoni (relembre no vídeo abaixo).

O ranking traduz a afirmação de Rogério Ceni de que os jovens de Cotia são o motor do time no meio de campo. Além do já citado Nestor, Gabriel Sara e Liziero participaram de quatro gols cada. Ambos deram dois passes para assistência, uma assistência e marcaram um gol cada. A única diferença foi que Sara fez 22 jogos, enquanto Liziero participou de 24 partidas.

Na disputa no ataque, Calleri, Pablo e Éder participaram de três gols do São Paulo cada. O argentino precisou de apenas oito jogos para fazer três gols, enquanto Pablo fez 15 partidas para conseguir a mesma quantidade. Com pouco espaço recentemente com Rogério Ceni, Éder deu duas assistências e fez um gol em 14 jogos.

Confira o ranking de participações em gols do São Paulo no Brasileirão:

Rigoni (8 participações) - 4 assistências e 4 gols - 21 jogos

Rodrigo Nestor (4) - 4 assistências - 23 jogos

Gabriel Sara (4) - 2 passes para assistência, 1 assistência e 1 gol - 22 jogos

Liziero (4) - 2 passes para assistências, 1 assistência e 1 gol - 24 jogos

Calleri (3) - 3 gols - 8 jogos

Pablo (3) - 3 gols - 15 jogos

Reinaldo (3) - 1 assistência, 2 gols - 21 jogos

Éder (3) - 2 assistências e 1 gol - 14 jogos

Igor Gomes (2) - 2 gols - 21 jogos

Arboleda (1) - 1 gol - 10 jogos

Vitor Bueno (1) - 1 gol - 13 jogos

Luciano (1) - 1 gol - 16 jogos

Benítez (1) - 1 gol - 16 jogos

Orejuela (1) - 1 passe para assistência - 5 jogos

Diego Costa (1) - 1 passe para assistência - 10 jogos

Galeano (1) - 1 passe para assistência - 12 jogos

Marquinhos (1) - 1 passe para assistência - 12 jogos

Welington (1) - 1 passe para assistência - 13 jogos

São Paulo