PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Trajano: Vai ser uma lástima se o Santos cair para a Série B

Do UOL, em São Paulo

27/10/2021 13h25

Classificação e Jogos

O Santos passa por um momento turbulento, ocupando as última posições na classificação do Campeonato Brasileiro, na briga contra o rebaixamento, e em meio a mudanças internas no comando do futebol, com as saídas do executivo André Mazzuco e do gerente Jorge Andrade, enquanto Edu Dracena está chegando para comandar o departamento.

No UOL News Esporte, José Trajano afirma ver como preocupante a situação do Santos e ressalta que torce para que o clube consiga escapar do rebaixamento no Brasileirão.

"Eu torço para que isso aconteça. É o Santos do Pelé, é o Santos de enorme tradição, eu entrei no jornalismo esportivo na época áurea do Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe, o Santos nos deus muitas glórias, bicampeão mundial, jogadores na seleção brasileira as conquistas de 1958 e 1962, fora as revelações, não estou falando em Juary, Robinho e Neymar", diz Trajano,

"Vai ser uma lástima, uma pena ver o Santos caindo para a Série B. Está difícil, não vem jogando bem, tem problemas de dinheiro, tem elenco fraco. Com todo o respeito ao Edu Dracena, mas será que vai a entrada dele lá mudar alguma coisa? O problema é dentro de campo, o problema é o elenco, o problema é a falta de jogadores", completa.

O jornalista lembra que foi contrário à contratação de Fábio Carille pelo clube e considera que Marcelo Fernandes, que costuma assumir o comando do time como interino, poderia fazer um trabalho que garantisse a permanência na elite.

"Eu fui contra a contratação do Carille, achava que poderia ter resolvido com o Marcelo Fernandes. Conhece o elenco, é querido pelos jogadores, o Santos pega mais um técnico de nome, não sei se vai pagar, porque não paga ninguém. Tudo leva a crer, infelizmente, que dois monstros sagrados do futebol brasileiro irão cair para a Série B, Santos e Grêmio", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol