PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santos: Carille aprova vitória da confiança: "não dará para jogar bonito"

Do UOL, em São Paulo

27/10/2021 22h32

Classificação e Jogos

O técnico Fábio Carille aposta na vitória sobre o Fluminense, hoje (27), na Vila Belmiro, como um marco para a reviravolta do Santos no Campeonato Brasileiro. Para ele, o triunfo por 2 a 0, que tirou o Peixe da zona de rebaixamento, representa uma mudança no lado psicológico dos jogadores.

"(Hoje) foi um jogo de entrega, de determinação. O campeonato vai afunilando, e a importância do resultado passa a ser de mais urgência. Espero que essa mudança comece hoje com esse resultado positivo. A gente sabia da pressão, principalmente pelo resultado negativo do fim de semana", explicou Carille.

"Nesse momento, tudo é importante. Em primeiro, nos preocupamos com pontos, trabalhamos com um número para que a gente alcance o quanto antes. Não é um número exato, porque as rodadas vão passando, vão ficando menos jogos e esse número muda. O mais importante é uma vitória que traz confiança. Se nós nos sacrificarmos a cada jogo e se dedicar junto com a qualidade técnica de cada um, vamos aos poucos sair dessa situação incômoda."

Essa foi a segunda vitória de Carille em dez partidas no comando do Santos. O treinador também tem quatro empates e quatro derrotas. Com o resultado, o Peixe chegou aos 32 pontos, em 16º lugar, e mandou o Juventude para a zona da degola. Além disso, o Alvinegro abriu três pontos de vantagem sobre o grupo dos últimos quatro colocados.

Carille se mostrou satisfeito com o desempenho da equipe, que martelou a defesa do Fluminense desde o primeiro instante. Marcou pela primeira vez aos 32 minutos em um bonito cabeceio de Madson e fechou a contagem na etapa final em uma arrancada de Marinho e Madson pelo lado direito que terminou com um carrinho de Tardelli para o gol. Mesmo assim, o treinador alvinegro contou que também se preocupou com a questão psicológica do grupo.

"Começamos bem. Depois de uma jogada de escanteio, a bola bate no travessão e não entra. Preocupa como eles vão se comportar. Mas a equipe continuou se comportando bem, com entrega. O momento é esse. Não vai dar para jogar bonito o tempo todo. Tem hora que vai ser mais pegada, de mais imposição", justificou o comandante alvinegro.

Diego Tardelli, autor do segundo gol da vitória alvinegra, também acredita que o resultado trará benefícios para os próximos dias. "É uma vitória que nos dá confiança, principalmente pela maneira que a equipe se portou, pelo espírito, com todo mundo se cobrando em campo", comentou o veterano, de 36 anos de idade, lembrando que a parte mental dos atletas está sendo afetada nesse período.

"A gente passou por um processo muito ruim nos últimos jogos. O lado psicológico acabou afetando o grupo nas derrotas, e estar numa zona de rebaixamento, com cobrança de torcida. A gente tem o nosso papel entre os jogadores mais experientes de dar mais tranquilidade. Temos um elenco muito forte, que passou por um momento ruim, e vamos retomar esse caminho de vitórias, jogando bem. É só fazer o que a gente fez hoje."

Futebol