PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Em meio a reformulação, Santos decide futuro no Brasileiro contra o Flu

Carlos Sánchez pode perder vaga entre os titulares do Peixe contra o Flu - Staff Images/Conmebol
Carlos Sánchez pode perder vaga entre os titulares do Peixe contra o Flu Imagem: Staff Images/Conmebol

Do UOL, em São Paulo

27/10/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Santos apostava que esta semana, com dois jogos em casa, serviria como um marco para a reviravolta no Campeonato Brasileiro. A primeira parte não saiu de acordo com as expectativas: derrota para o América-MG. Agora, o Peixe precisa buscar a redenção, hoje (27), às 19 horas, contra o Fluminense, na Vila Belmiro, em um duelo adiado da 23ª rodada. O confronto vai ocorrer em meio a uma reformulação no alvinegro.

Com a má fase, a proximidade de um inédito rebaixamento no Brasileiro e o desempenho abaixo da crítica na temporada, o clube não esperou 2021 terminar para mexer em seu departamento de futebol. Ontem (26), definiu a saída do diretor Jorge Andrade e do executivo André Mazzuco e deve anunciar hoje a chegada de Edu Dracena, ex-Palmeiras, para comandar um setor que bateu cabeça e não soube se reestruturar após perder seu técnico e alguns de seus principais jogadores.

Em um cenário turbulento, O Santos depende de um bom resultado contra o Flu para manter ativo seu plano de aproveitar os jogos na Vila Belmiro e o apoio da torcida para escapar da zona de rebaixamento. Com 29 pontos, o Peixe ocupa o 17º lugar e tem o mesmo número de pontos do Juventude, que está uma posição acima. Um empate já seria suficiente para sair do grupo dos últimos quatro colocados. Mas o único pensamento é na vitória, que poderia levar o Peixe à 15ª colocação, abrindo boa vantagem sobre o risco da degola.

E depois da derrota para o América-MG, um triunfo diante do Fluminense seria a única forma de reconquistar a confiança da torcida, que tem se mostrado conformada com o risco de queda para a Série B. Além disso, caso o Santos não derrote o Tricolor, baixará de 50% de aproveitamento dos pontos disputados na Vila Belmiro. Até o momento, o Peixe somou 20 pontos em 13 jogos, o que representa 51,3% do que colocou em jogo em seu estádio.

As mudanças no Peixe não param no setor administrativo. Em campo, o técnico Fábio Carille também sinalizou um time diferente do que encarou o América-MG. A principal delas está no sistema tática, com a retomada do trio de zaga. Robson Reis, um atleta de 1,95 m de altura, jogará ao lado de Emiliano Velázquez e Danilo Boza. Será um ganho nas bolas aéreas, jogada que tem provocado seguidas falhas e gols contra o Alvinegro.

Dessa forma, O Santos poderá ousar mais pelo lado do campo, com a entrada de Madson ou Marcos Guilherme na ala direita. Caso o primeiro seja o escolhido, o meia-atacante ainda poderá entrar no time titular em lugar de Carlos Sánchez. O veterano uruguaio não tem agradado pela dificuldade em combater os adversários. Também existe a possibilidade de Lucas Braga ganhar essa posição, o que deixaria o Peixe atuando em um 3-4-3.

Para o confronto, o Santos segue com uma série de desfalques. Em relação ao jogo contra o América-MG, Camacho, contundido, e Jean Mota, suspenso, estão fora. Juntam-se a eles os zagueiros Kaiky e Luiz Felipe, o volante Jobson, o meia Gabriel Pirani e o centroavante Léo Baptistão, todos entregues ao departamento médico.

Tricolor em alta

Além de todas as dificuldades assumidas pelo próprio clube, o Santos terá de enfrentar um Fluminense que vive um bom momento no Brasileirão. Com 39 pontos, o Tricolor está em oitavo lugar, mas pode ganhar duas posições com um triunfo na Vila Belmiro, Nesse caso, a equipe dirigida por Marcão subiria para o G-6, deixando Internacional e Corinthians para trás.

Além disso, o Fluminense vem de dois bons resultados na competição: vitória sobre o Athletico-PR por 1 a 0 na Arena da Baixada e por 3 a 1 no clássico contra o Flamengo no Maracanã.

O técnico Marcão ainda não poderá contar com dois de seus principais jogadores do elenco: o zagueiro Nino e o centroavante Fred. Mas o desempenho diante do Flamengo foi tão bom que a equipe titular será a mesma do clássico. Dessa forma, David Braz atuará na zaga ao lado de Luccas Claro, enquanto John Kennedy será o centroavante e atuará ao lado de Caio Paulista e Luiz Henrique.

Ficha técnica

Santos x Fluminense
Motivo:
23ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 27 de outubro de 2021 (quarta-feira)
Horário: 19 horas (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Labes (SC)
VAR: Rafael Traci (SC)

Santos: João Paulo; Danilo Boza, Emiliano Velázquez, Robson Reis; Madson (Marcos Guilherme), Vinícius Balieiro, Zanocelo, Carlos Sánchez (Marcos Guilherme/Lucas Braga), Felipe Jonatan; Marinho, Tardelli. Técnico: Fábio Carille

Fluminense: Marcos Felipe; Samuel Xavier, David Braz, Luccas Claro, Marlon; André, Yago, Arias; Caio Paulista, John Kennedy, Luiz Henrique. Técnico: Marcão

Futebol