PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2021

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Colunistas: Quem será a próxima vítima do moedor de técnicos do Brasileiro?

Sylvinho, técnico do Corinthians, em partida contra o Internacional, no Beira-Rio - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Sylvinho, técnico do Corinthians, em partida contra o Internacional, no Beira-Rio Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

25/10/2021 12h04

Classificação e Jogos

Os resultados do fim de semana aumentaram a pressão em cima de alguns técnicos do Brasileirão. A torcida do Flamengo, por exemplo, fez duras críticas a Renato Gaúcho após a derrota no clássico contra o Fluminense. Já Sylvinho e Fábio Carille seguem ameaçados após o empate do Corinthians com o Inter e a derrota do Santos para o América-MG, respectivamente.

E agora, quem será a próxima vítima do moedor de técnicos do Campeonato Brasileiro? Fizemos essa pergunta aos colunistas do UOL Esporte, que não ficaram em cima do muro. Veja as respostas:

Imagino que o Santos vai tentar uma reação em um ato de desespero ao demitir Fabio Carille.
DANILO LAVIERI

Aposto no Sylvinho, embora o próximo jogo seja a Chape, em Itaquera. Mas o Carille está ali, cabeça a cabeça.
JUCA KFOURI

Fábio Carille. Acho que o Santos vai acabar trocando de técnico em breve para o tal "fato novo" que muitos acham que resolve em caso de desespero.
MARCEL RIZZO

Acho que o técnico mais pressionado e a perigo nesse momento é o Carille. Time grande na zona de rebaixamento sempre é candidato a mudar de técnico. E a mudança já feita três vezes esse ano - Cuca, Ariel Holan, Fernando Diniz e agora Fábio Carille - não deu certo. Sempre no desespero se tenta essa última cartada. Então acho que o próximo pode ser mais um técnico do Santos.
MARÍLIA RUIZ

Sylvinho corre mais riscos devido ao excelente nível dos reforços que chegaram no segundo semestre e também pela boa expectativa que eles criaram nos primeiros jogos de que participaram. A estreia desses recém-contratados fez a torcida sonhar. Renato ainda pode se redimir, com sobra, na Copa do Brasil e na Libertadores. Seria burrice tirá-lo justamente quando o Flamengo tem importantes jogadores machucados. A queda de rendimento é justificável. E o grupo o adora.
MARLUCI MARTINS

Fabio Carille. O rendimento tem sido ruim e a situação é desesperadora.
MENON

Está entre Sylvinho e Carille. Se o primeiro cair, será enorme injustiça, já que o Corinthians tem que levantar as mãos para os céus por não estar brigando contra o Z-4. Já no caso do treinador santista, uma possível demissão seria a tentativa desesperada de criar um "fato novo" em uma equipe que já está aparentemente conformada com o rebaixamento.
MILTON NEVES

Eu não demitiria nenhum dos dois, mas acredito que Carille e Sylvinho são os mais pressionados neste momento. Como o Santos luta contra o rebaixamento, vejo risco de demissão maior para o comandante santista. Seria uma injustiça, apesar dos erros que Carille tem cometido. O time é fraco e ele mal esquentou o banco.
PERRONE

Pela ordem, Fábio Carille (Santos), Alberto Valentim (Atlhetico-PR) e Sylvinho (Corinthians).
RODOLFO RODRIGUES

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL