PUBLICIDADE
Topo

Internacional

"Não é indicação fazer o gol e recuar", diz Aguirre após empate do Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

24/10/2021 19h10

Classificação e Jogos

Diego Aguirre explicou que o recuo do Inter quando estava na frente do Corinthians, hoje (24), pela 28ª rodada do Brasileirão, não foi indicação dele. O Colorado abriu o placar, levou a virada, mas empatou nos acréscimos em 2 a 2.

"Não é uma indicação fazer o gol e recuar. Mas normalmente acontece. O time que passa a defender mais perto da sua área. Mesmo o Corinthians, quando estava ganhando também recuou e ficou dentro da área. Isso faz parte do futebol. O time que está ganhando inconscientemente recua um pouco. Mas eu gostaria de que o time seja um pouco mais criativo talvez, ou consiga diferença maior (no placar). Hoje tivemos perto que isso acontecesse. Quando estávamos ganhando, o Yuri esteve perto do segundo gol. Daí seguramente mudaria tudo", disse citando a bola na trave chutada pelo centroavante.

O treinador do Internacional ainda viu reflexo do empate contra o Bragantino na conduta do time. Na rodada anterior, a equipe esteve na frente durante boa parte do jogo e sofreu o gol de empate nos acréscimos.

"Vínhamos de cinco vitórias em casa. Confiança, jogando bem, e tivemos muito perto de ganhar do Bragantino. Foi um golpe duro tomar o gol nos acréscimos. E também, com tanta sequência de jogos, hoje o time perdeu um pouco de intensidade. Não podemos comemorar um empate. Mas quando se empata nos acréscimos marca que o time foi buscar, lutou, não baixou os braços e que conseguimos marcar o gol nos acréscimos", opinou.

O Inter encara o São Paulo no próximo domingo. Com 41 pontos, o Colorado está em sexto no Brasileirão.

Internacional