PUBLICIDADE
Topo

Santos

Santos: Carille rompe com modelo criticado e parte ao ataque contra degola

Diego Tardelli é uma das novidades do Peixe em jogo decisivo na rabeira do Brasileirão - Ivan Storti
Diego Tardelli é uma das novidades do Peixe em jogo decisivo na rabeira do Brasileirão Imagem: Ivan Storti

Do UOL, em São Paulo

23/10/2021 04h00

Classificação e Jogos

A chegada de mais um compromisso decisivo fez o Santos romper com modelo de jogo que vinha dando certo na opinião do técnico Fábio Carille. Para a partida contra o América-MG, hoje (23), às 17 horas, na Vila Belmiro, o Peixe vai a campo com um trio ofensivo, mostrando que vai partir para o ataque na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

A partida válida pela 28ª rodada é um confronto direto das últimas colocações. Com 29 pontos, o Santos ocupa o 15º lugar. Apesar de ter somado pontos importantes nos últimos jogos, ainda não dá para dizer que o Peixe embalou. Já o América-MG tem três pontos a mais, na 13ª colocação, mas não vence há três partidas. Além disso, terá um novo comandante no duelo: Marquinhos Santos assumiu o time em lugar de Vagner Mancini, que trocou o Coelho pelo Grêmio.

Para se afastar das últimas colocações, o Santos fará três mudanças que mexem no esquema tático utilizado em seis dos oito jogos da gestão Carille. Após o insucesso em suas duas primeiras partidas, contra Bahia e Atlético-PR, o comandante adotou trio de zaga para tentar recuperar o time que chegou a ficar 11 partidas sem ganhar.

Segundo Carille, essa era uma formação que "estava dando certo e que os jogadores gostavam bastante". No entanto, ele teve de conviver com críticas e com pedidos da torcida por um esquema mais ofensivo, já que o Alvinegro praiano fez apenas três gols nesse período. E contra o América-MG um novo time entrará em campo para aumentar o poder de fogo em busca de uma vitória que distanciaria o Alvinegro da zona da degola.

Em relação ao duelo contra o Sport, no domingo passado (17), quem perde a vaga no time titular é Wagner Leonardo, suspenso. O lateral esquerdo Felipe Jonatan entra em seu lugar e empurra Lucas Braga para o ataque, que é sua posição de origem. Na lateral direita, Madson volta ao time titular em lugar de Marcos Guilherme, que estava improvisado no setor. Segundo Carille, o atacante teria mais dificuldade em uma linha de quatro defensores.

Para completar, Diego Tardelli ganha sua primeira chance no time titular. Ele entra no lugar de Raniel, que não respondeu bem à oportunidade que teve no empate sem gols diante do Sport. Marinho completa o ataque. O meio-campo é a única parte do time que permanece sem modificação no pensamento de Carille. Camacho, Vinícius Zanocelo e Carlos Sánchez compõem o setor.

Sexto centroavante na temporada

A entrada de Diego Tardelli no time explica a escassez de gols do Santos na temporada. Ele será o sexto centroavante a atuar como titular no Peixe neste Brasileirão. O Alvinegro ainda não conseguiu encontrar um jogador para assumir a camisa 9 desde que Kaio Jorge decidiu não renovar seu contrato e se transferir para a Juventus, da Itália.

Principal artilheiro do Santos na temporada, Kaio Jorge era titular absoluto do time então comandado por Fernando Diniz. Só deixava a equipe por causa de contusão -ora substituído por Marcos Leonardo ou pelo coringa Marcos Guilherme.

Sem ele, a queda de desempenho o Santos no Brasileirão foi evidente. No fim de agosto, chegou um novo jogador para assumir a função de goleador. Léo Baptistão estava no futebol chinês e logo assumiu a condição de titular. Porém, não conseguiu balançar as redes em sete partidas até que precisou ser substituído por lesão.

Raniel foi seu sucessor e logo marcou seu primeiro gol após 20 meses, na derrota para o Atlético-MG por 3 a 1 no Mineirão. Mas a alegria dele não durou mais do que uma partida. O fraco desempenho em Recife, contra o Sport, o levou de volta para a reserva. Agora, as apostas do Santos voltam para Tardelli, que aos 35 anos de idade está de volta ao clube defendeu nas categorias de base para tentar salvá-lo de um inédito rebaixamento.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS x AMÉRICA-MG
Motivo: 28ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 23 de outubro de 2021 (sábado)
Horário: 17 horas (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Márcia Lopes Caetano (RO)
VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

SANTOS: João Paulo; Madson, Emiliano Velázquez, Danilo Boza e Felipe Jonatan; Camacho, Vinícius Zanocelo e Carlos Sánchez; Marinho, Tardelli e Lucas Braga. Técnico: Fábio Carille

AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Patric, Eduardo Bauermann, Ricardo Silva e Marlon; Lucas Kal, Juninho e Alê; Felipe Azevedo, Ademir e Fabrício Daniel. Técnico: Marquinhos Santos

Santos