PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Posse de Bola #171: Crise no Corinthians, Renato contestado e Galo goleia

Do UOL, em São Paulo

22/10/2021 12h56

Classificação e Jogos

A semana do futebol brasileiro teve goleada do Atlético-MG diante do Fortaleza e o Flamengo conseguindo um empate no último minuto contra o Athletico-PR, em um pênalti assinalado com a ajuda do VAR, nas semifinais da Copa do Brasil, enquanto no Brasileirão o Palmeiras venceu a segunda seguida e o São Paulo se reabilitou em cima do Corinthians, que agora tem dúvidas sobre a permanência de Sylvinho no comando técnico, inclusive com torcida organizada pedindo pela demissão dele.

No podcast Posse de Bola #171, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira analisam os principais assuntos do futebol brasileiro, a impressionante vitória do Galo, os problemas do time do Flamengo, assim como a situação de Sylvinho no Corinthians.

Na comparação feita aos times de Atlético-MG e Flamengo pelos jogos da semana, Juca Kfouri ressalta a diferença que tem feito para o clube rubro-negro atuar sem jogadores decisivos como Arrascaeta e Bruno Henrique, considerando também que o Galo sai em grande vantagem por poder até poupar no segundo jogo da semifinal na Copa do Brasil antes do confronto direto que pode o aproximar do título brasileiro.

"O Flamengo está jogando sem o seu principal jogador, o De Arrascaeta, está jogando sem o Bruno Henrique, o Galo está jogando completo, jogou completo contra o Fortaleza, o Fortaleza jogou com um jogador titular apenas na defesa, o Titi, todos os demais eram zagueiros improvisados. Então, sem tirar o mérito da exibição do Galo, porque o Galo fez exatamente o que precisava ter feito e garantiu a sua vaga na final, o que numa semana em que ele tem o Flamengo no sábado no Maracanã", diz Juca.

"Pode ter sido essencial, porque ele irá para Fortaleza podendo poupar, coisa que o Flamengo não poderá fazer, não apenas porque tem o Fluminense no sábado, mas porque tem o Athletico-PR na quarta-feira em um jogo duríssimo, ao que tudo indica, como foi o jogo no Paraná, é claro que o Atlético-MG está jogando melhor", completa.

Já Mauro Cezar Pereira considera que os dois times apresentam vulnerabilidade, com goleadas em alguns jogos e muita dificuldade em outros e uma oscilação que os faz ter, no Campeonato Brasileiro, uma campanha idêntica nas últimas dez partidas disputadas.

"O Atlético-MG é tão irregular quanto o Flamengo porque o técnico do Atlético-MG não tem capacidade de explorar o elenco como o elenco poderia render, a exemplo do técnico do Flamengo, e o problema do Flamengo é o mesmo do Atlético-MG, o técnico e também eventualmente desfalques que o Galo também tem, vira e mexe tem desfalques, e o Flamengo tem desfalques importantíssimos, com os quais o Atlético-MG não convive", diz o jornalista.

"Mas o Flamengo depende demais do individual, como o Atlético-MG muitas vezes depende. Dos dez últimos jogos do Brasileiro, os dois fizeram o mesmo número de pontos, os dez últimos jogos, igualzinha a campanha, uma derrota, quatro empates e cinco vitórias, igualzinho, não andou", completa.

Em relação à situação do Corinthians, Arnaldo Ribeiro chama a atenção para a postura do time no clássico diante do São Paulo, quando foi derrotado por 1 a 0, sem apresentar reação diante de um adversário que vinha de seis empates consecutivos.

"É muito estranho o Corinthians sem fome, eu acho que essa é a principal ressalva ao trabalho do Sylvinho. A gente já viu algumas partidas, não só essa, também com o Sport, o Corinthians apático. O Corinthians sem luta, eu acho que não serve", conclui Arnaldo.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol