PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Colunistas: Corinthians deve pensar em trocar Sylvinho em caso de tropeço?

Sylvinho chega pressionado para o jogo contra o Internacional, no Beira-Rio - Marcello Zambrana/AGIF
Sylvinho chega pressionado para o jogo contra o Internacional, no Beira-Rio Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

22/10/2021 12h20

Classificação e Jogos

Sylvinho está pressionado no Corinthians. De acordo com o blog do Juca, a queda do técnico corintiano é dada como certa mesmo se o time alvinegro vencer o Internacional no domingo (24), em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro.

Diante deste cenário, fizemos a seguinte pergunta aos colunistas do UOL Esporte: O Corinthians deve pensar em trocar Sylvinho em caso de tropeço?

Não faz sentido demiti-lo antes do fim da temporada, provavelmente nem depois. Garantir a classificação para a Libertadores é mais do que se imaginou possível para o Corinthians no início da temporada. Esperavam o que exatamente? O problema do clube é maior do que o técnico iniciante em que apostou. Não deixá-lo ter sequência pode agravar as dificuldades da equipe.
ALICIA KLEIN

Não, deve aguardar o fim da temporada e fazer uma avaliação geral do trabalho. O problema é contratar sem convicção e depois demitir por qualquer sequência ruim. Sylvinho é um treinador em início de carreira e isso dever ser levado em conta.
ANDRÉ ROCHA

Não. Sylvinho fez o Corinthians evoluir e sonhar com uma vaga na Libertadores, apesar de, é verdade, ainda ter vários detalhes para corrigir. A equipe pode - e deve - crescer muito mais, visto as qualidades individuais. Além disso, trocar de treinador na reta final da temporada seria um erro grosseiro.
BRUNO ANDRADE

Não. Sylvinho fez o time evoluir, sonha com vaga na Libertadores e agora sofre com as consequências de um elenco com média de idade alta que não aguenta a intensidade do futebol de hoje duas vezes por semana. Os principais atletas estavam em mercados periféricos e/ou há muito tempo sem jogar. Isso sem nem contar que o Corinthians não deveria nem pensar em pagar multa em eventual demissão por causa da péssima situação financeira.
DANILO LAVIERI

O Corinthians pensa em trocá-lo mesmo que vença, o que parece bizarro, mas é o que é, embora Roberto Andrade discorde. E para trazer Mano Menezes, que teria rejeitado o Grêmio.
JUCA KFOURI

Vai contratar quem com a temporada acabando? Sylvinho tem hoje um elenco bem melhor do que quando assumiu, pode fazer o time jogar mais, mas é uma análise que a diretoria deve fazer ao fim do ano. Até porque pode ter melhores opções para contratar do que agora, caos decida mudar.
MARCEL RIZZO

É melhor esperar o final do ano para uma avaliação mais completa.
MENON

Não. Sylvinho organizou um time que estava entrando em apostas para sabermos se iria cair ou não. Essa era a realidade quando ele chegou. Mais do que trocar de treinador agora, o Corinthians precisa de uma identidade, e seria muito importante se a busca por essa identidade fosse para além de táticas, elencos e estratégias. Todo time tem uma subjetividade, uma identidade, predicados para chamar de seus. Honrar esses atributos seria importante e, aí sim, a partir disso o treinador contratado, de posse dessa cartilha de códigos de jogo, teria que fazer sua mágica acontecer.
MILLY LACOMBE

Eu não duvido que aconteça. A cartolada brasileira é bem previsível. Mas, para um time que começou o campeonato pensando em não cair, o Corinthians de Sylvinho se encontra em uma situação bem confortável. E é bom lembrar que, cinco rodadas atrás, após a vitória no Dérbi, teve muito corintiano por aí sonhando até com o título? Então é preciso ter muita calma nessa hora.
MILTON NEVES

O resultado de um jogo nunca deve ser decisivo para a demissão de um técnico. Ainda mais numa partida difícil como a que o Corinthians terá contra o Internacional. A análise precisa englobar todo o trabalho do treinador. Acredito que o Corinthians deve esperar o final da temporada para analisar se continua ou não com Sylvinho. Seria mais justo com o trabalho do técnico e da própria diretoria, que o contratou. No fim do ano, o mercado deve ter melhores opções, em caso de troca. E, se a mudança acontecer, o novo treinador poderia começar seu projeto com mais tranquilidade.
PERRONE

Acho prematuro fazer a troca ainda este ano. O Corinthians sabia que Sylvinho era um técnico iniciante. O time está entre os classificados para a Libertadores do ano que vem. É mais sensato esperar o final da temporada.
RENATO MAURÍCIO PRADO

A questão aqui é sempre o possível substituto. Quem viria para o lugar de Sylvinho? Mano Menezes, Roger Machado, Carille? Se for isso, não vale a pena. Mas para 2022 seria interessante o Corinthians pensar em um outro treinador, sim.
RODOLFO RODRIGUES

Não. Por mais que tenha problemas, o Corinthians não é um time desorganizado. E vários desses problemas têm origem em coisas que Sylvinho não tem como controlar, como o estágio físico e a idade avançada de jogadores que podem fazer a diferença. Precisa esperar o campeonato acabar e reavaliar.
RODRIGO COUTINHO

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Corinthians