PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Rocha: "Cultura do Renato de poupar time pode afetar animicamente o Fla"

Do UOL, em São Paulo

21/10/2021 04h00

Classificação e Jogos

Sem muito brilho, o Flamengo arrancou um empate por 2 a 2 com o Athletico nesta quarta-feira (20), no jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil. O técnico Renato Gaúcho mais uma vez foi alvo de críticas pelo desempenho abaixo do esperado da equipe e pelas substituições durante a partida na Arena da Baixada.

Na Live do Flamengo, programa do UOL Esporte logo após os jogos do Mengão, os jornalistas André Rocha e Renato Maurício Prado discutiram sobre a participação de Renato Gaúcho nas atuações apagadas da equipe. Ambos destacaram que as recentes declarações do treinador podem ter influência direta no rendimento do time.

"O discurso do Renato Gaúcho pode estar afetando animicamente a equipe. Naquela coletiva após o jogo contra o Cuiabá [empate sem gols no Maracanã], ele ficou basicamente reclamando da sequência de jogos do Flamengo. Essa cultura do Renato de querer poupar time sempre no Brasileiro porque prioriza as outras competições pode estar afetando. O treinador não está buscando soluções para fazer o time render em todos os torneios", analisou Rocha.

Apesar das críticas ao trabalho do treinador, Renato não vê motivo para a diretoria do clube pensar em uma possível demissão. "Trocar o técnico agora é uma maluquice. É absolutamente insano. Você está somente a um jogo do título da Libertadores e a três da Copa do Brasil, e ainda está no páreo no Brasileiro. Não faz o menor sentido trocar agora", disse o colunista do UOL.

Para Rocha, o técnico tem passado uma imagem negativa por algumas de suas declarações, o que abalaria o elenco. "O Renato tinha que tentar colocar um rodízio e motivar os jogadores para que o time funcione independentemente da escalação. A impressão que dá é que ele só reclama. A coletiva do jogo contra o Cuiabá sinalizou algo negativo para mim. Por ele, pouparia o time no Brasileiro e colocaria os titulares só no mata-mata", apontou.

Para a próxima temporada, Renato sugeriu que a diretoria do Fla poderia analisar o nome de um técnico estrangeiro, caso seu xará acumule decepções. "Isso talvez fosse algo em que a diretoria do Flamengo já merecesse pensar. Há boas possibilidades de estrangeiros. Se a coisa começar a desandar com Renato, talvez seja uma boa solução", ponderou.

Rocha sente que o time do Flamengo precisa neste momento de um Renato mais preocupado em encontrar saídas para reencontrar o bom futebol. "A atitude do treinador, embora o Renato seja um cara bom de grupo, pode estar afetando a parte anímica de um time que sente fisicamente, precisava estar bem montado em campo e, principalmente, necessitava de um técnico que buscasse soluções e tentasse colocar essa equipe para cima, em termos anímicos e do adversário. Em campo, está devendo", finalizou o colunista do UOL.

Não perca! A próxima edição da Live do Flamengo será no sábado (23), logo após o clássico contra o Fluminense pelo Brasileirão Você pode acompanhar o programa pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do Flamengo no UOL Esporte e no canal do UOL Esporte no Youtube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol