PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Trajano: Preço para ver a final da Libertadores é absurdo, mas vai lotar

Do UOL, em São Paulo

20/10/2021 11h35

Classificação e Jogos

Palmeiras e Flamengo vão decidiu a final da Libertadores no dia 27 de novembro, em Montevidéu, no Uruguai, mas o torcedor que desejar acompanhar o time do coração na disputa do título precisará desembolsar mais de R$ 1.100 para o ingresso mais barato, pelos preços que foram divulgados ontem e receberam crítica até de Dudu, jogador do Palmeiras.

No UOL News Esporte, Domitila Becker critica o preço do ingresso, considera absurdo e diz que é uma exploração à paixão do torcedor, assim como Trajano, que ainda lembra que o torcedor ainda precisa gastar com transporte e estadia, o que não sai nada barato, embora tenha quem pague.

"Eu acho que tem absurdo sim um ingresso custar R$ 1 mil. É se aproveitar da paixão do torcedor, não é justo, não é um preço justo", afirma Domitila.

"Tem a passagem, porque o jogo não dá para ir a pé, não dá para pegar um trem e vai, você vai ter que pegar um avião, tem a estadia lá, tem comer em algum lugar, a não ser que vicie acampe na porta do estádio, não vai pagar hotel, mas de qualquer maneira tem a passagem aérea. E parece que a passagem aérea está subindo também para Montevidéu, o preço está subindo. É um absurdo, um absurdo. Mas vai lotar de gente, porque você sabe que o torcedor é fanático, empenha o carro, vende", completa.

Trajano também critica os preços cobrados pelos ingressos nos jogos do Campeonato Brasileiro, na volta da presença do público e considera que os valores não condizem com a realidade econômica brasileira.

"O preço do ingresso que estão cobrando aqui nos jogo de reabertura dos estádios é um absurdo também, muito caros esses ingressos aqui no Brasil. Nós estamos vivendo uma inflação, desemprego, fome e é difícil acompanhar futebol ao vivo aqui no Brasil com o preço dos ingressos. Agora, é final, os malucos vão todos. Por exemplo, o pessoal pode alugar ônibus, fretar ônibus e ir um bando de malucos, vários bandos de malucos de ônibus, talvez saia mais barato que ir de avião, chega lá em Montevidéu, arranja casa de alguém, acampa nas praças", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol