PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Coutinho volta a marcar após um ano e entra na mira do novo-rico Newcastle

Philippe Coutinho comemora gol marcado pelo Barcelona contra o Valencia no domingo - David Ramos/Getty Images
Philippe Coutinho comemora gol marcado pelo Barcelona contra o Valencia no domingo Imagem: David Ramos/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

20/10/2021 04h00

O Barcelona vai a campo às 13h45 desta quarta-feira (20), contra o Dynamo de Kiev, pela Liga dos Campeões, na esperança de ter encontrado mais um "reforço" para a temporada. Philippe Coutinho, que voltou a marcar um gol no final de semana após longa recuperação de lesão e quase um ano sem balançar as redes, tem agora a expectativa de reencontrar a regularidade para, enfim, se tornar uma peça importante do time espanhol —justo no momento em que vê seu nome novamente especulado no mercado.

O Newcastle, time inglês que recentemente foi comprado por um fundo bilionário da Arábia Saudita, vê Coutinho como um de seus principais alvos, de acordo com a imprensa espanhola. Em crise financeira e buscando reequilibrar as contas, o Barça tem no brasileiro —contratado em 2018 e que nunca engrenou como titular— um dos maiores salários do elenco.

A preocupação atual do camisa 14, entretanto, passa por retomar o bom nível dentro de campo. Depois de fechar o placar na vitória por 3 a 1 sobre o Valencia no domingo, Coutinho vive a expectativa de ser titular na partida de hoje pela Champions.

"Ninguém sabe o que sofri durante a recuperação. Foi difícil. Com o grito que dei, me libertei. Depois de tanto tempo, o gol é muito importante", disse o brasileiro depois da partida. Ele ficou oito meses sem jogar depois de operar o joelho no fim do ano passado.

Em um elenco carente de lideranças técnicas desde as saídas de Lionel Messi e Antoine Griezmann no meio do ano, Coutinho disputa espaço no setor ofensivo com nomes como Ansu Fati, Memphis Depay e Martin Braithwaite. O brasileiro custou 135 milhões de euros quando o Barcelona o tirou do Liverpool, há quase quatro anos. Em 97 jogos pelo time catalão, fez 24 gols e deu 14 assistências.

Futebol