PUBLICIDADE
Topo

Alemão - 2021/2022

Torcedor invade campo, ganha camisa de Haaland, mas é 'roubado'; veja

Erling Haaland em ação pelo Borussia Dortmund - Alexandre Simoes/Borussia Dortmund/Getty Images
Erling Haaland em ação pelo Borussia Dortmund Imagem: Alexandre Simoes/Borussia Dortmund/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/10/2021 09h10

Classificação e Jogos

Depois de brilhar pelo Borussia Dortmund mais uma vez, marcando dois gols na vitória do time por 3 a 1 sobre o Mainz, ontem, pelo Campeonato Alemão, Erling Haaland ainda teve paciência para atender com carinho um torcedor mais empolgado que invadiu o gramado após o apito final.

Abordado pelo fã, Haaland prontamente tirou a camisa que usou no segundo tempo da partida e lhe deu de presente. Depois, o atacante norueguês ainda aguardou alguns instantes até o rapaz encontrar o melhor ângulo da câmera do celular e posou para uma foto com o torcedor.

Em entrevista ao site alemão Sport1, Sven T., de 23 anos, o torcedor que viveu essa experiência, admitiu que a invasão foi planejada e contou que Haaland estava "muito relaxado" quando o atendeu.

"Eu disse a um amigo antes do jogo: 'Vou pegar uma camisa hoje'. Eu escalei as placas [que separam arquibancada e campo] depois do apito final. Eram bem altas. De repente, eu estava no campo e dei meu máximo. Eu corri e, de repente, estava ao lado do Haaland. Ele estava muito relaxado", disse.

"Ele me deu a camisa e tirou uma selfie comigo. Depois, eu vi o time fazer o cumprimento em frente à torcida. Foi simplesmente inacreditável. Um dos grandes dias da minha vida", continuou.

Reviravolta

A história de Sven T., porém, não havia terminado, já que ele tinha que voltar para as arquibancadas. Abordado por uma pessoa que trabalhava na segurança do evento, o torcedor teve a camisa apreendida e voltou sem o presente para casa.

Depois de publicar a história inusitada, o jornalista que conversou com Sven, acionou Haaland, via Twitter, e o atacante norueguês mais uma vez se mostrou atencioso com o torcedor.

Ao saber da situação, o jogador respondeu o jornalista com uma foto da camisa que usou no primeiro tempo da partida: 'Você pode perguntar para ele se tudo bem eu mandar esta?", escreveu o atacante.