PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Nenê volta a ser decisivo e reanima Vasco em busca por acesso na Série B

Nenê comemora gol do Vasco contra o Coritiba pela Série B - Thiago Ribeiro/AGIF
Nenê comemora gol do Vasco contra o Coritiba pela Série B Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro

17/10/2021 04h00

A qualidade técnica indiscutível de Nenê esteve mais uma vez bem clara na vitória do Vasco sobre o Coritiba. Na busca pelo acesso na Série B, o time de Fernando Diniz contou não só com a experiência do meia de 40 anos, mas também com seu poder de decisão.

Além de marcar o gol que garantiu os três pontos para o Cruz-Maltino em São Januário antes de sair aplaudido de pé pela torcida, o jogador reacendeu o clube desde o seu retorno. Liberado pelo Fluminense, voltou ao clube em que mais possui identificação no futebol brasileiro em um momento difícil.

"Fiquei orando e pedindo para estar na posição legal naqueles cinco minutos. Graças a deus pude fazer um gol. Todo mundo fala que não faço gol de direita e fiz [risos] Fica uma ansiedade nesse momento, mas depois vem a alegria. Ainda bem que deu tudo certo e conquistamos mais esse resultado importante. A gente acredita que se a gente der a vida por esse time, fazendo o que o Diniz pede, vamos conseguir esse aesso desejado por todos", disse, após o jogo.

De sua chegada até aqui, foram sete jogos, e o meia já balançou as redes três vezes, além de uma assistência. Em campo, lidera os mais jovens e reflete os pensamentos de Fernando Diniz, com quem já trabalhou anteriormente justamente no Flu. Morato e Gabriel Pec cresceram ao seu lado, e fazem o Vasco municiar melhor Cano, sendo mais perigoso para os rivais.

Os números coletivos da equipe também subiram: com ele em campo, o Cruz-Maltino somou 14 dos 21 pontos que disputou na Série B, combinando para 67% de aproveitamento. Se mantiver essa média, o Vasco sobe.

Vasco