PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Seleção uruguaia faz reunião e cogita saída de Tabárez. Aguirre é opção

Ricardo Duarte/Inter
Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

16/10/2021 15h30

A AUF (Associação Uruguaia de Futebol) se reúne hoje (16) para debater a situação da seleção uruguaia, em quinto lugar nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. As derrotas diante de Argentina e Brasil aumentaram as críticas ao trabalho de Óscar Tabárez, no cargo desde 2006. Em Montevidéu, Diego Aguirre, treinador do Internacional, é citado como uma das opções em caso de mudança no comando do time nacional.

Em Porto Alegre, o Internacional acompanha a situação atentamente. O clube afirma ainda não ter sido procurado por dirigentes da seleção uruguaia.

Aos 55 anos, Diego Aguirre é tratado no Uruguai como uma das alternativas para substituir o "maestro Tabárez". Além do treinador do Inter, Fabian Coito, atual técnico da seleção de Honduras, também é citado como opção.

Óscar Tabárez e os dirigentes da seleção vão conversar sobre o cenário atual e os planos a curto e médio prazo para a seleção uruguaia. O time de Cavani e Suárez venceu somente um dos últimos cinco jogos das eliminatórias. A derrota por 4 a 1 para o Brasil, em Manaus, fez o sinal de alerta soar mais forte na banda oriental. O temor é de que a vaga no Mundial do ano que vem escape nos próximos meses.

Diego Aguirre tem contrato com o Internacional até o final de 2022 e o vínculo não possui cláusula de liberação para a seleção uruguaia. Ou seja, caso ocorra o convite é preciso tratar com a diretoria. O nome do ex-técnico de Atlético-MG e São Paulo é citado há anos como opção para o cargo.

Futebol