PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Arnaldo: São Paulo do Rogério sabe que hoje joga para evitar rebaixamento

Do UOL, em São Paulo

16/10/2021 04h00

Classificação e Jogos

O São Paulo trocou o comando técnico e teve na noite de quinta-feira (14) a reestreia de Rogério Ceni, contratado para o lugar de Hernán Crespo. Alguns problemas, contudo, permaneceram no time no primeiro momento, até pelo fato de o novo treinador ter ido ao jogo apenas com um dia desde sua chegada e com um treinamento dado na noite anterior ao empate em 1 a 1 com o Ceará, no Morumbi.

No podcast Posse de Bola #169, Arnaldo Ribeiro afirma que um fator que a nova comissão técnica terá a melhorar no São Paulo é a preparação física, com o time tendo um apagão a partir da metade do segundo tempo. Para o jornalista, este é um problema que faz com que o time corra riscos até o final da temporada.

"O time foi completamente diferente do time do Crespo, taticamente falando, mas em termos de entrega, vontade, foi a mesma coisa e é uma coisa inacreditável. Teve alguns apagões no Morumbi, com 20 minutos do segundo tempo, o time do São Paulo morre, acabou. Se desse para trocar os dez jogadores, teria que trocar", diz Arnaldo.

"O São Paulo tem o pior preparo físico do Brasil e a pior recuperação médica do Brasil, isso é com o Crespo. Com o Rogério, isso não vai se resolver em 2021 e como não vai se resolver em 2021, o São Paulo vai correr risco até o final do campeonato", completa.

Arnaldo também afirma que a comissão técnica assume o comando do São Paulo ciente de que a briga este ano é para não ser rebaixado no Campeonato Brasileiro, o que seria a primeira vez na história do clube do Morumbi.

"Tem muita gente brigando contra o rebaixamento. Pela minha projeção, a Chapecoense e o Sport, por conta do tapetão, devem cair, mais por conta do tapetão do que por conta da reação freada depois da derrota para o Cuiabá, e ficam restando duas vagas para uns oito times. Tem oito times ameaçados, inclusive o que não estava ameaçado. O América-MG, agora que perdeu o Vagner Mancini para o Grêmio, pode entrar nessa confusão. Tem o Grêmio, tem o Santos, tem o Atlético-GO, tem o Juventude, tem um monte de gente e tem o São Paulo", diz Arnaldo.

"O São Paulo do Rogério Ceni, que vai enfrentar o Corinthians na segunda-feira, sabe que hoje joga um campeonato para evitar o rebaixamento. São seis empates seguidos, um recorde, se você empata, você não sai do lugar, e o time, embora tenha criado muito mais do que nas outras partidas, é verdade, também esteve mais vulnerável que em outras partidas. É aquela coisa, não tem mágica, o time criou mais do que vinha criando com o Crespo. Certo. O time proporcionou mais chances ao adversário do que vinha proporcionando com o Crespo", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol