PUBLICIDADE
Topo

Francês - 2021/2022

Mbappé salva no fim, e PSG vence de virada no Francês com VAR polêmico

Mbappé tenta driblar goleiro do Angers em jogo válido pelo Campeonato Francês - AFP
Mbappé tenta driblar goleiro do Angers em jogo válido pelo Campeonato Francês Imagem: AFP

Do UOL, em São Paulo

15/10/2021 17h52

Classificação e Jogos

Não foi uma atuação brilhante, mas o PSG voltou a vencer no Campeonato Francês. O time comandado por Mauricio Pochettino superou o Angers por 2 a 1 na tarde de hoje, no Parque dos Príncipes, e segue isolado na liderança da competição.

Sem Neymar e Messi, ambos desfalques após defenderem as respectivas seleções nas Eliminatórias para a Copa do Mundo, o Paris Saint-Germain contou com Mbappé para ficar com a vitória de virada. O camisa 7 deu uma assistência para Danilo Pereira e marcou de pênalti, depois de intervenção polêmica do VAR, o gol decisivo nesta sexta-feira. Fulgini balançou a rede para o Angers.

Com o resultado, o PSG segue isolado na liderança do Campeonato Francês, com 27 pontos — nove a mais que o Lens, segundo colocado. O Angers, com 16, ocupa a quarta posição.

Na próxima rodada, o Paris Saint-Germain visita o Olympique de Marselha, enquanto o Angers encara o Saint-Étienne. Antes disso, o PSG tem compromisso diante do RB Leipzig, na terça-feira (19), pela Liga dos Campeões.

Angers surpreende no primeiro tempo

O Angers surpreendeu o PSG no primeiro tempo. Não só pelo gol de Fulgini, mas também pela boa atuação defensiva. O time visitante se postou bem atrás e apostou nos contra-ataques para levar perigo ao Paris Saint-Germain. Foi assim que a equipe abriu o placar, aos 35 minutos. Boufal recebeu pelo lado direito e conseguiu um cruzamento na medida para Fulgini completar para a meta.

Sem algumas das principais estrelas, o PSG teve dificuldade e, principalmente, falta de inspiração para ameaçar o adversário.

PSG reage e vira após VAR polêmico

Mesmo sem empolgar, o PSG conseguiu chegar ao empate aos 25 minutos do segundo tempo. Mbappé cobrou escanteio da direita e, após a defesa afastar parcialmente, o próprio camisa 7 aproveitou o rebote para cruzar com precisão para Danilo Pereira desviar e igualar o placar.

Perto do fim, aos 40 minutos, o VAR entrou em ação e o árbitro, após rever o lance, apontou um toque de mão de Capelle dentro da área depois de uma cabeçada de Icardi. Foi uma decisão polêmica, é verdade, mas com a penalidade marcada, Mbappé se encarregou de converter para dar a vitória ao PSG.