PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Presidente do São Paulo almoça com Crespo: "craque fora das quatro linhas"

Presidente do SPFC se despede de Crespo e agradece: "Até logo" - Instagram
Presidente do SPFC se despede de Crespo e agradece: 'Até logo' Imagem: Instagram

Do UOL, em São Paulo

15/10/2021 15h36

O técnico Hernán Crespo almoçou hoje (15) com a diretoria do São Paulo como forma de despedida do clube. O encontro foi registrado pelo presidente Julio Casares nas redes sociais. O argentino visitará o CT da Barra Funda mais parte para se despedir dos jogadores são-paulinos.

"Hoje foi um dia de muita emoção! Durante o almoço, foi o momento de dizer até logo para Hernán Crespo. Primeiro, é preciso agradecer por todo o empenho e pelo trabalho desenvolvido no nosso amado São Paulo Futebol Clube, trabalho esse que culminou na conquista do Campeonato Paulista. Triunfo importante para a nossa história, afinal, eram 16 anos sem levantar essa taça. Mas, também, é importante ressaltar que além de seu talento inconteste no futebol, Crespo é um craque fora das quatro linhas. Um ser humano espetacular, um amigo que o futebol me deu. Muito obrigado, Hernán", escreveu Casares na publicação.

Além de Casares, Carlos Belmonte, diretor de futebol do São Paulo, também participou do almoço. "Acima de tudo um amigo que ganhei para a vida", escreveu nas redes sociais, junto com uma foto ao lado de Crespo.

Crespo deixou o São Paulo na última quarta-feira (13). A diretoria do São Paulo afirmou que a saída do argentino aconteceu em "comum acordo". Horas depois, Rogério Ceni foi anunciado como novo treinador da equipe. Ele comandou o time ontem no empate por 1 a 1 com o Ceará.

Campeão paulista deste ano, Crespo perdeu forças no clube nos últimos tempos. O entendimento da diretoria era de que os jogadores não assimilavam mais as ideias do treinador. Ele deixou o clube depois de cinco empates consecutivos no Brasileirão.

Dentro do CT da Barra Funda, a relação já não era boa nem com a própria comissão técnica. Em uma reunião com a diretoria após as eliminações na Libertadores e na Copa do Brasil, foi pedido a Crespo que ele assumisse mais protagonismo nas decisões e delegasse menos aos seus auxiliares. A mudança foi decisiva para estremecer as relações na comissão técnica.

Crespo deixou o São Paulo depois de 53 partidas, com 24 vitórias, 19 empates e 10 derrotas, um aproveitamento de 57,23%. Seu último jogo foi um empate sem gols com o Cuiabá, na última segunda-feira.

São Paulo