PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Casão após vitória contra o Uruguai: 'Não existe cadeira cativa na seleção'

Casagrande, ex0jogador e comentarista do Grupo Globo - Reprodução/SporTV
Casagrande, ex0jogador e comentarista do Grupo Globo Imagem: Reprodução/SporTV

Do UOL, em São Paulo

15/10/2021 16h07

Classificação e Jogos

Walter Casagrande classificou a atuação da seleção brasileira como 'ótima' na goleada diante do Uruguai pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Em sua coluna no site 'globoesporte.com', o comentarista questionou a 'demora' que os comandados de Tite tiveram para achar a 'atuação perfeita'.

"Desde o primeiro minuto, o time foi para cima com Neymar, Paquetá e o excelente Raphinha destruindo a equipe do mestre Tabárez. O Brasil procurou gols o tempo todo, jogando com velocidade, e aí eu me pergunto: por que só agora?", disse ele, que completou:

"É o que digo faz tempo: não pode haver jogadores com cadeira cativa na seleção brasileira. Assim seria difícil dar oportunidades para nomes como Raphinha, Antony, Lucas Veríssimo e outros que podem também ter chances."

Ainda no assunto, o ex-jogador fez questão de elogiar Neymar pela partida feita. Em seu ponto de vista, é desta forma que ele vai conseguir ajudar os companheiros com os melhores resultados.

"Neymar jogou muito bem, e é assim que a Seleção precisa dele: esperto, motivado, partindo para cima, porque é dessa maneira que ele pode fazer a diferença", enfatizou.

Por fim, Casão ainda parabenizou Raphinha pela personalidade que demonstrou nas oportunidades que recebeu com a camisa da seleção brasileira.

"É um jogador que ganhou a posição na ponta-direita depois dessas três partidas das Eliminatórias. Sem contar que tem personalidade, fazendo dois gols em sua estreia nos campos brasileiros e contra um grande rival como o Uruguai", finalizou.

Futebol