PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Juca: Não lamentarei se Neymar resolver não ir nem para a Copa do Qatar

Do UOL, em São Paulo

11/10/2021 16h20

Antes do empate diante da Colômbia com a seleção brasileira pelas Eliminatórias Sul-Americanas, Neymar declarou em entrevista ao DAZN que a Copa do Mundo do Qatar pode ser a sua última, isso com o jogador ainda não tendo completado 30 anos.

No podcast Posse de Bola #168, Juca Kfouri afirma que Neymar já tem deixado a carreira de jogador em segundo plano há algum tempo e que não lamentará no caso de ele desistir de jogar até mesmo a próxima edição do Mundial, no próximo ano.

"Neymar me parece estar abandonando a carreira já não é de hoje. A opção preferencial pela vida de pop star, a exemplo do que fez o Ronaldinho Gaúcho, está muito clara nas escolhas dos Neymar. Eu não vou entrar na novela se ele vai parar ou não vai parar. Honestamente, falo com dor no coração, porque não sou idiota e não nego o talento que esse rapaz tem, mas não me fará falta", diz Juca.

"Não me fará nenhuma falta, não lamentarei se ele resolver que nem sequer para a Copa do Qatar ele irá, que ele não terá cabeça nem para ir para a Copa do Qatar. Porque não acredito, inclusive, que se ele puser na cabeça que essa é a última Copa, que ele fará uma Copa brilhante para se despedir das Copas, porque não acho que ele encontra mais motivação para jogar futebol como deveria, que é o ofício dele", completa.

O jornalista também afirma que muitas vezes Neymar encontra uma forma de desviar o foco em meio a suas atuações ruins e que, por mais que tenha talento para ser um dos melhores jogadores do mundo, falta cabeça ao brasileiro para atingir este nível.

"Sempre ele dá um jeito de desviar também o foco para justificar as más atuações dele. Claro, aí entra a discussão sobre a cabeça do atleta sob pressão, ele nunca se submeteu a maiores pressões, ele sempre foi irresponsável com a carreira dele, conseguiu levar muito bem até um certo momento, mas nunca teve cabeça de líder, cabeça de número 1. Tem talento para ser número 1, mas nunca teve cabeça para isso e continua sem essa cabeça, é o Peter Pan", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol