PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ex-dono do Newcastle admite fracasso e detalha venda: 'Recebi oferta maior'

Mike Ashley comandou o Newcastle por mais de uma década; nos últimos dias, ele vendeu o clube a um fundo de investimentos - David Klein/File Photo/Reuters
Mike Ashley comandou o Newcastle por mais de uma década; nos últimos dias, ele vendeu o clube a um fundo de investimentos Imagem: David Klein/File Photo/Reuters

Do UOL, em São Paulo

09/10/2021 12h46

Classificação e Jogos

O empresário Mike Ashley, que vendeu o Newcastle para um fundo de investimentos ligado ao governo da Arábia Saudita por 300 milhões de libras (cerca de R$ 2,2 bilhões), admitiu que fracassou em sua gestão de 14 anos no comando da equipe inglesa.

Proprietário de redes de varejo, o bilionário britânico, no entanto, ressaltou outras melhorias do clube, que disputa a 1ª divisão da Premier League e agora tem quase que "dinheiro infinito".

"Ter um clube de futebol entra no sangue e não gostaria de mais nada antes de ver Newcastle ganhando troféus. Aceito que durante o meu tempo no Newcastle não alcançamos todo o potencial do clube em campo, mas acredito que fora do campo acertamos muitas coisas", disse Ashley em entrevista ao The Sun.

"Estou orgulhoso de deixar o clube com uma base financeira sólida, sem dívidas, o que é obviamente uma boa base para o clube no futuro", prosseguiu ele, que assumiu as dívidas do time nos anos 2000.

"Oferta maior"

Ainda questionado pelo The Sun, Ashley, que foi bastante criticado pelos torcedores nos últimos anos, revelou que recebeu propostas maiores do que a proposta árabe. Ele, no entanto, priorizou o modelo de gestão.

"Gostaria que soubessem que recebi uma oferta maior para o clube do que a que aceitei. Foi de outro licitante de boa reputação, que apresentou um caso confiável. Mas eu senti que a oferta que aceitamos dos novos proprietários atuais traria o melhor para o Newcastle."

"Dinheiro não era minha única consideração. Houve momentos em que agi financeiramente para manter o Newcastle vivo. [...] Estou satisfeito por termos conseguido a aprovação adequada da Premier League para prosseguir com a venda. Gostaria de agradecer aos torcedores, equipe técnica e jogadores pela paciência durante este período. Isso vai abrir um novo capítulo positivo para o clube", finalizou ele.

Futebol