PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Capacidade reduzida e uso da tecnologia: como a torcida volta aos estádios

Torcedores do Flamengo no duelo contra o Grêmio pelas  quartas de final da Copa do Brasil 2021, no Maracanã - ALEXANDRE BRUM/ESTADÃO CONTEÚDO
Torcedores do Flamengo no duelo contra o Grêmio pelas quartas de final da Copa do Brasil 2021, no Maracanã Imagem: ALEXANDRE BRUM/ESTADÃO CONTEÚDO

Beatriz Cesarini e Flavio Latif

Do UOL, em São Paulo

02/10/2021 04h00Atualizada em 02/10/2021 13h57

Classificação e Jogos

Após quase dois anos de incertezas e estádios vazios por causa da pandemia de covid-19, os governos da maioria dos estados autorizaram o retorno das torcidas às arenas — entre os que participam da Série A do Brasileiro, a exceção é a Bahia — e os clubes já se preparam para este reencontro. Com capacidade reduzida de ocupação (entre 30% e 50% do total), valores diferenciados e vantagens especiais para a compra de ingressos, apresentação de carteirinha de vacinação, uso de aplicativos e protocolos sanitários, o futebol brasileiro tenta recuperar aos poucos a normalidade da presença de público.

Alguns, como Flamengo, Atlético-MG, Vasco e Cruzeiro, por exemplo, já tiveram a oportunidade de atuar com o apoio da torcida nesta temporada. Mas para a maioria, uma nova fase começa neste fim de semana.

Cada estado estabeleceu recomendações específicas para o acesso de torcedores e fiscalização do cumprimento dos protocolos de distanciamento social. Alguns clubes ainda não definiram suas regras. Outros já têm tudo estabelecido.

A Confederação Brasileira de Futebol recomenda as seguintes ações:

- Será permitida apenas a presença da torcida do clube mandante a fim de se evitar deslocamentos de torcedores de outras localidades.

- Para a venda de ingressos e o acesso ao estádio, os clubes devem elaborar e apresentar planos operacionais atualizados, já considerando este protocolo.

- O protocolo considera a situação epidemiológica de cada localidade sede dos estádios onde serão realizadas as partidas, sempre em consonância com as autoridades sanitárias locais.

- Seguem em vigor as recomendações de distanciamento social, uso de máscaras e higienização das mãos, além da exigência de realização de testes laboratoriais para a detecção da covid-19 e de vacinação plena dos torcedores.

A partir daí, os clubes estabeleceram seus protocolos. Confira as regras elaboradas por cada um:

ceará - Stephan Eilert /cearasc.com - Stephan Eilert /cearasc.com
Torcida do Ceará na Arena Castelão em 2019
Imagem: Stephan Eilert /cearasc.com

CEARÁ

O Vozão teve um dos posicionamentos mais interessantes. De acordo com Veridiano Pinheiro, diretor de promoções e atividades sociais do Ceará, os dirigentes da equipe acompanharam como o evento estava acontecendo em outros estados e concluíram que o controle de acesso ao estádio era bem arcaico.

Sendo assim, o clube desenvolveu uma plataforma dentro do programa de sócio-torcedor na qual o usuário poderá fazer upload na carteira digital da situação de sua vacinação que será validada através do QR Code. Apenas torcedores com as duas doses poderão entrar no estádio.

A princípio, somente o sócio-torcedor validado entrará nos jogos. Mas a ação não para aí. Depois, ele receberá um link via SMS, e-mail ou WhatsApp com perguntas como: "Sentiu sintomas após o jogo? Quais? Fez teste de covid?". Mas será que o torcedor vai responder? Se quiser comparecer ao próximo jogo, sim, porque ele só novo acesso ao estádio se o questionário for respondido.

corinthians - Miguel Schincariol/Getty Images - Miguel Schincariol/Getty Images
Corinthians x Palmeiras, Brasileirão 2019, 4/8/2019: torcida do Corinthians
Imagem: Miguel Schincariol/Getty Images

FORTALEZA

A equipe joga hoje (2) contra o Atlético-GO, e cerca de 6 mil torcedores poderão ir ao jogo no Castelão. O clube divulgou um vídeo gravado pelo presidente Marcelo Paz, que pede uso de máscara e distanciamento. "É indispensável que as pessoas estejam vacinadas", diz o dirigente. Em seu site oficial, o Fortaleza ainda ensinou como baixar um aplicativo para cada torcedor comprovar a vacinação. Toda a comercialização foi online e, do total de bilhetes, 5 mil foram reservados a sócios-torcedores.
Valores dos ingressos
Inferior Norte/Sul: R$ 80,00
Superior Norte/Sul: R$ 100,00
Superior Central: R$ 120,00
Bossa Nova: R$ 150,00
Premium: R$ 220,00

CORINTHIANS

Nos dois primeiros jogos, com 30% do público liberado, o Corinthians deve ter cerca de 14,4 mil cadeiras disponíveis na Neo Química Arena.

De acordo com o Alvinegro, para entrar no estádio, seguindo as regras do Comitê do Estado de São Paulo, o torcedor obrigatoriamente deverá apresentar: o comprovante de esquema vacinal completo (duas doses da vacina Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer, ou dose única da Janssen) ou, no caso de quem não completou o esquema vacinal, o comprovante da primeira dose da vacina juntamente com um teste negativo de RT-PCR (realizado com 48 horas de antecedência ao jogo) ou a um teste de antígeno (com 24 horas de antecedência ao jogo).

Para evitar aglomerações, o clube pede que os torcedores cheguem à Neo Química Arena com, no mínimo, 1h30 de antecedência do horário de início da partida. Haverá aferimento de temperatura corporal e disponibilização de totens com álcool em gel dentro do estádio. O distanciamento social será responsabilidade do torcedor, que deverá se conscientizar para evitar aglomeração antes, durante e após as partidas.

Valores dos ingressos

Média em 2019 no Brasileirão: R$ 50

Nesta retomada:

Norte - R$ 40
Sul - R$ 40
Leste superior lateral - R$ 54
Leste superior central - R$ 54
Leste inferior lateral - R$ 80
Leste inferior central - R$ 100
Oeste superior - R$ 220
Oeste corner - R$ 230
Oeste inferior - R$ 240
Oeste inferior central - R$ 260
Camarote - R$ 650
Business - R$ 650

SÃO PAULO

Para acesso ao estádio, o torcedor terá a temperatura aferida e precisará apresentar o comprovante vacinal completo (duas doses da vacina Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer, ou dose única da Janssen). Para quem só tomou a primeira dose é necessário apresentar teste negativo de PCR (com 48 h de antecedência ao jogo) ou um teste de antígeno (com 24 h de antecedência ao jogo). O comprovante de compra (voucher) e o comprovante da vacinação/exame deverão ser levados impressos. Não é permitida presença de crianças até 14 anos e 11 meses.

No estádio, todos devem respeitar os protocolos sanitários: uso de máscara, álcool em gel, manter o distanciamento físico.

O Tricolor abriu ontem (1) a venda de ingressos para o clássico contra o Santos, marcado às 18h30 de quinta-feira (7). Os valores partem dos R$ 110 (meia-entrada R$ 55) nas arquibancadas amarela e laranja do Morumbi) e chegam a R$ 220 (nas cadeiras, meia-entrada R$ 110), mas o sócio-torcedor tem desconto com opções a partir de R$ 22.

Valores dos ingressos

Arquibancadas:
Amarela (Norte) e Laranja (Sul): R$ 110
Azul (Leste) e Vermelha (Oeste): R$ 130

Cadeiras:
Superior Amarelo (Norte) e Laranja (Sul): R$ 180
Cativa Azul (Leste) e Vermelha (Oeste): R$ 130
Especial Azul (Leste) e Vermelho (Oeste): R$ 220
Térrea: R$ 180

Todos os setores têm meia-entrada, exceto as cadeiras cativas setores azul leste e vermelha oeste.

PALMEIRAS

A pedido da comissão técnica, o Alviverde recusou a proposta da CBF de adiar o jogo contra o Juventude, deste domingo (3), sendo assim, o jogo não terá público. Como seu próximo compromisso no Allianz Parque é apenas no próximo sábado (9), contra o RB Bragantino, às 21h, o clube ainda não divulgou detalhes sobre como será a volta dos torcedores.

SANTOS

O Santos vai formular os protocolos junto com a CBF. Clube e entidade afirmam que estão tendo reuniões semanais.

INTERNACIONAL

O Inter está aguardando a definição do governo gaúcho sobre a capacidade do estádio.

Quanto aos protocolos sanitários, o Colorado afirmou que o uso de máscaras será obrigatório e que haverá totens com álcool gel em vários pontos do Beira-Rio. O acesso ao estádio será permitido após aferição de temperatura e apresentação da Carteira Nacional de Vacinação ou do laudo negativo de teste para covid.

Os torcedores também terão de usar uma pulseira que garantirá o acesso apenas à área que seu ingresso der direito e aos bares e banheiros próximos. Haverá cartazes no interior do estádio com orientações de procedimentos aos torcedores.

O distanciamento para a ocupação dos assentos seguirá o determinado pelas autoridades públicas de saúde e as cadeiras serão separadas em conjuntos. As regras deverão ser respeitadas também no interior das lojas e restaurantes e serão controladas pelos funcionários.

Valores dos ingressos

Não informado.

grêmio - Lucas Uebel/Gremio FBPA - Lucas Uebel/Gremio FBPA
Torcida gremista, no Beira-Rio, em 2019
Imagem: Lucas Uebel/Gremio FBPA

GRÊMIO

A Arena do Grêmio terá 30% da capacidade liberada, ou seja, serão cerca de 18 mil lugares disponíveis.

O acesso ao estádio será permitido respeitando o cronograma de vacinação do Governo estadual. Pessoas com 40 anos ou mais estão autorizadas desde que tenham o esquema vacinal completo a partir de 1° de outubro; de 30 a 39 anos: primeira dose ou dose única de 1° a 31 de outubro e esquema vacinal completo a partir de 1º de novembro; de 18 a 29 anos: primeira dose ou dose única de 1º de outubro a 30 de novembro e esquema vacinal completo a partir de 1° de dezembro.

Para entrar na Arena será obrigatória a apresentação do ingresso impresso e do comprovante de vacinação.

Valores dos ingressos

Média em 2019 no Brasileirão: R$ 36.

Nesta retomada: de R$ 40 a R$ 180.

hulk - Pedro Souza/Atletico - Pedro Souza/Atletico
Com presença de público, Hulk comemora após marcar gol pelo Atlético-MG no duelo contra o River Plate pelas quartas de final da Taça Libertadores 2021, no Mineirão
Imagem: Pedro Souza/Atletico

ATLÉTICO-MG

Para acessar o estádio do Mineirão, o torcedor terá de apresentar o voucher do ingresso nominal (digital ou, preferencialmente, impresso) e respeitar o horário de fechamento da esplanada, que terá os portões fechados uma hora antes do início dos jogos.

É obrigatório mostrar o teste RT-PCR impresso, com resultado negativo, realizado no período de 72 horas que antecede a partida, independentemente de o torcedor já estar completamente vacinado. Os testes serão, obrigatoriamente, recolhidos nos portões de acesso ao estádio.

Nas arquibancadas é obrigatório o uso de máscaras, cobrindo boca e nariz.

Valores dos ingressos

Média em 2019 no Brasileirão: R$ 17

Nesta retomada:

LARANJA SUPERIOR
GNV Preto e GNV Forte e Vingador - R$ 49
GNV Prata - R$ 63
GNV Branco / GNV Clubes - R$ 70
Ingresso Adicional - R$ 70
Não Sócio - R$ 140

LARANJA INFERIOR
GNV Preto e GNV Forte e Vingador - R$ 49
GNV Prata - R$ 63
GNV Branco / GNV Clubes - R$ 70
Ingresso Adicional - R$ 70
Não Sócio - R$ 140

AMARELO SUPERIOR
GNV Preto e GNV Forte e Vingador - R$ 49
GNV Prata - R$ 63
GNV Branco / GNV Clubes - R$ 70
Ingresso Adicional - R$ 70
Não Sócio - R$ 140

AMARELO INFERIOR
GNV Preto e GNV Forte e Vingador - R$ 49
GNV Prata - R$ 63
GNV Branco / GNV Clubes - R$ 70
Ingresso Adicional - R$ 70
Não Sócio - R$ 140

VERMELHO SUPERIOR
GNV Preto e GNV Forte e Vingador - R$ 63
GNV Prata - R$ 81
GNV Branco / GNV Clubes - R$ 90
Ingresso Adicional - R$ 90
Não Sócio - R$ 180

VERMELHO INFERIOR
GNV Preto e GNV Forte e Vingador - R$ 63
GNV Prata - R$ 81
GNV Branco / GNV Clubes - R$ 90
Ingresso Adicional - R$ 90
Não Sócio - R$ 180

ROXO SUPERIOR
GNV Preto e GNV Forte e Vingador - R$ 87,50
GNV Prata - R$ 112,50
GNV Branco / GNV Clubes - R$ 125,00
Ingresso Adicional - R$ 125,00
Não Sócio - R$ 250

ROXO INFERIOR
GNV Preto e GNV Forte e Vingador - R$ 105
GNV Prata - R$ 135
GNV Branco / GNV Clubes - R$ 150
Ingresso Adicional - R$ 150
Não Sócio - R$ 300

cruzeiro - Bruno Haddad/Cruzeiro - Bruno Haddad/Cruzeiro
Cruzeiro já atuou com torcida em 2019 pela Série B do Brasileiro
Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

CRUZEIRO

O estádio terá 30% da capacidade de público liberada. Todos os torcedores devem apresentar teste negativo de covid (feito com intervalo máximo de 72 horas de antecedência ao jogo), independentemente de o torcedor ter tomado as duas doses da vacina ou a dose única da Janssen. As crianças também precisam do teste negativo de covid-19.

Os portões do Independência serão fechados uma hora antes de o jogo começar. Ou seja, neste domingo, isso será feito às 10h. O público deve manter distanciamento social e utilizar máscara de proteção durante todo o evento.

Como atrativo para seus sócios, o clube oferece vantagens na compra de mais de um ingresso. Os benefícios e valores variam de acordo com a categoria.

Valores dos ingressos

Média em 2019 no Brasileirão: R$ 17

Nesta retomada: de R$ 30 a R$ 120

fluminense - Lucas Mercon - Lucas Mercon
Torcida do Fluminense no Maracanã em jogo contra o Santos pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019
Imagem: Lucas Mercon

FLUMINENSE

O Fluminense terá o retorno de sua torcida contra o Fortaleza, na quarta (6), às 21h30, pelo Brasileirão. O protocolo sanitário exige ciclo de vacinação em dia, além de um teste rápido em laboratórios credenciados pelo clube. O público permitido para o jogo será de 20 mil pessoas, cerca de 30% da capacidade do Maracanã.

Valores dos ingressos

Média em 2019 no Brasileirão: R$ 25

Nesta retomada:

Setor Sul - R$ 80

Setor Leste inferior - R$ 100

Maracanã Mais - R$ 300

Todos os setores terão meia-entrada. Os sócios do Flu terão desconto de 30% a 100% no valor do ingresso de acordo com os planos.

flamengo - Gilvan de Souza/Flamengo - Gilvan de Souza/Flamengo
Torcida do Flamengo na arquibancada do Maracanã, em duelo com o Barcelona de Guayaquil, pela Libertadores 2021
Imagem: Gilvan de Souza/Flamengo

FLAMENGO

A Secretaria Municipal do Rio de Janeiro solicitou que o Maracanã operasse com 50% da capacidade e é assim que o Flamengo fará em seus jogos. Os torcedores terão álcool em gel disponível e o uso de máscaras é obrigatório, além do esquema vacinal completo.

A fiscalização quanto ao cumprimento dos protocolos será realizada por seguranças privados e monitores.

Valores dos ingressos

Média em 2019 no Brasileirão: R$ 50

Nesta retomada:

Norte - R$ 80 / R$ 40 (sócio-torcedor e meia-entrada)

Leste inferior - R$ 100 / R$ 50 (sócio-torcedor e meia-entrada)

Maracanã Mais - R$ 300 / R$ 182,50 (sócio-torcedor e meia-entrada)

vasco - Jotta de Mattos/AGIF - Jotta de Mattos/AGIF
Jogadores do Vasco cumprimentam torcida antes de partida contra o Botafogo na Taça Rio 2019
Imagem: Jotta de Mattos/AGIF

VASCO

O Vasco está promovendo o retorno gradual do público baseado nos protocolos implementados pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio. Contra o Cruzeiro foram disponibilizados apenas mil ingressos de social ao preço de R$ 200 a inteira. Contra o Brusque, o setor de arquibancada foi aberto com 7.700 ingressos disponíveis ao preço de R$ 20 (arquibancada inteira) e R$ 120 (social inteira).

Para o jogo contra o Coritiba, na 30ª rodada, a diretoria pretende solicitar a carga máxima estipulada pela Prefeitura do Rio, que é de 50%, correspondendo a 11 mil ingressos em São Januário.

Os protocolos sanitários adotados incluem a exigência de apresentação de teste de antígeno para covid-19, comprovante de vacinação e obrigatoriedade do uso de máscara na instalação.

Valores dos ingressos

Deverão ser os mesmos cobrados no jogo contra o Brusque.

botafogo - Vitor Silva/Botafogo - Vitor Silva/Botafogo
Torcedores do Botafogo no Estadio Nilton Santos, em novembro de 2019
Imagem: Vitor Silva/Botafogo

BOTAFOGO

O Botafogo disponibilizará 4.999 ingressos. Os torcedores deverão comprovar a vacinação e realizar o exame de antígeno de covid-19 em um dos laboratórios credenciados para ter acesso ao estádio.

Pessoas com 50 anos ou mais deverão apresentar comprovante das duas doses ou da dose única de acordo com a vacina tomada. Quem tem até 49 anos deve apresentar comprovante da primeira dose (ou dose única, nos casos indicados pelo fabricante).

Valores dos ingressos

Média em 2019 no Brasileirão: R$ 26

Nesta retomada:

LESTE INFERIOR/NORTE (acesso pelo setor norte)

Sócios-torcedores detentores de "Pacote Temporada 2020 Leste Inferior" e "Ninguém ama como a gente" - Check-in Grátis*
Camisa 7 - Plano Glorioso - Check-in Grátis
Camisa 7 - Cria+ - Check-in Grátis

Camisa 7 - Plano Alvinegro - R$ 10
Camisa 7 - Plano Preto - R$ 20
Camisa 7 - Plano Branco - R$ 30
Plano Botafogo no Coração - R$ 30

Inteira - R$ 60
Meia - R$ 30

OESTE (Acesso pelo setor oeste)

Sócios-Proprietários - Check-in Grátis
Sócios-torcedores detentores de "Pacote Temporada 2020 Oeste Inferior" - Check-in Grátis*
Camisa 7 - Plano Glorioso - Check-in Grátis
Camisa 7 - Cria+ - Check-in Grátis

Camisa 7 - Plano Alvinegro - R$ 20
Camisa 7 - Plano Preto - R$ 60
Camisa 7 - Plano Branco - R$ 80
Plano Botafogo no Coração - R$ 30

Inteira - R$ 160
Meia - R$ 80

AMÉRICA-MG

Atua fora de casa nesta rodada e ainda não definiu os protocolos. Estão sendo feitas reuniões internas para definir.

BAHIA

A volta da torcida ainda não foi liberada no estado

CUIABÁ

Poderá utilizar até 35% da capacidade total da Arena Pantanal, que hoje é de 44.000. O clube adotará as medidas da CBF e do Governo do Estado.

Valores dos ingressos

Média em 2019 no Brasileirão: disputou a Série B

NÍVEL INFERIOR LESTE
Sócio Ouro e Prata - Gratuito
R$ 120 (inteira) - R$ 60 (meia)

NÍVEL SUPERIOR LESTE
Sócio Bronze e Dourado - Gratuito
R$ 60 (inteira) - R$ 30 (meia)

CAMAROTE OESTE
Sócio Diamante - Gratuito
R$ 400 (inteira) - R$ 340 (meia)

JUVENTUDE

Seu estádio poderá receber até 2.500 torcedores (o governo estadual ainda analisa a possibilidade liberar até 30% da capacidade). O próximo jogo em casa é contra o América-MG, dia 9.

Para entrar no estádio será necessário apresentar documento com foto, carteira de vacinação e/ou teste negativo RT-PCR (realizado até 72 horas antes do jogo) ou de antígeno (com 48 horas de antecedência). O isolamento social será controlado com demarcação nas arquibancadas e haverá materiais de conscientização contra covid espalhados pelo estádio.

Valores dos ingressos

Não haverá venda de ingresso. Será realizado um procedimento de check-in exclusivo para sócios do clube.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do inicialmente informado, o São Paulo divulgou as informações sobre o retorno do público na noite de sexta-feira (1). O erro já foi corrigido.

Futebol