PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Keno marca gol 1000 do Galo nos pontos corridos e destaca união do elenco

Henrique André

Do UOL, em Belo Horizonte

02/10/2021 23h15

Mais líder do que nunca. Disparado no topo da tabela do Campeonato Brasileiro, principalmente após a vitória por 1 a 0 sobre o Inter, em jogo disputado neste sábado no Mineirão, o Atlético-MG abre 11 pontos do Palmeiras e põe uma pedra na dura eliminação para o alviverde na Libertadores. Agora, inclusive, são 15 partidas sem ser derrotado na Série A.

Autor do tento no triunfo sobre o Colorado Gaúcho, o atacante Keno, acionado na segunda etapa por Cuca, marcou o gol 1000 do Galo no Brasileirão por pontos corridos. Feliz com o feito, ele também comemorou o retorno ao time, após se recuperar de uma virose.

"Eu fico feliz pela minha volta, que não foi fácil. Com dois, três dias voltei a treinar para ajudar o Galo. Fico feliz pelo gol, que foi muito importante, e agora é descansar porque quarta temos a Chapecoense", destacou o camisa 11.

Perguntado sobre o gesto de Cuca ao final do jogo, quando chamou os atletas no centro de campo para cumprimentar aos pouco mais de 7 mil torcedores presentes ao Gigante da Pampulha, Keno explicou que este é o espírito do grupo para buscar o caneco que não vem desde 1971 para a sede de Lourdes.

"Foi para mostrar que nosso grupo é uma família. Perdemos o Vargas, mas tivemos o Sasha e tínhamos o Savarino no banco. Temos que respeitar a decisão do Cuca. Time que quer ser campeão tem que ser assim. Fico feliz pelo Sasha. Num jogo deste, com campo pesado, eu e Savarino entramos e pudemos ajudar o time a conquistar a vitória", disse Keno.

Em relação à eliminação para o Palmeiras na Libertadores, o herói da noite não escondeu que ainda dói, mas deu ênfase à experiência do time para superar este momento.

"A gente propôs nosso jogo. Pelas regras do campeonato, empatamos com gol e ficamos chateados pelo o que fizemos dentro de campo. Sabemos que nosso grupo forte, é uma eliminação que dói, mas nosso grupo é muito experiente e forte para dar a volta por cima", finalizou Keno.

Atlético-MG