PUBLICIDADE
Topo

Deyverson responde após invasão em gol do Palmeiras: 'Falem o que quiser'

Suposta invasão de campo de Deyverson gerou discussão sobre possível irregularidade em gol do Palmeiras contra o Atlético-MG - Reprodução/SBT
Suposta invasão de campo de Deyverson gerou discussão sobre possível irregularidade em gol do Palmeiras contra o Atlético-MG Imagem: Reprodução/SBT

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/09/2021 11h02

O atacante Deyverson se manifestou após invadir o campo no lance que culminou no gol de empate do Palmeiras contra o Atlético-MG, ontem, pela semifinal da Copa Libertadores. O tento, marcado por Dudu, colocou o Alviverde em sua segunda final consecutiva.

Em suas redes sociais, o atacante compartilhou uma foto do lance e afirmou que "querem procurar algo para não falar da nossa conquista". Procurados pelo UOL Esporte, três árbitros afirmaram que, apesar da invasão, não invalidariam o lance.

Deyverson - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

"Falem o que quiser. Estamos na final. Querem procurar algo para não falar da nossa conquista, né? Estamos na final. Piscadinha da inveja", escreveu Deyverson nos Stories do Instagram.

Reserva do Palmeiras no Mineirão, o atacante chegou a correr dentro das quatro linhas quando Gabriel Verón tomou a bola de Nathan Silva. Na sequência, Verón cruzou para Dudu empatar o confronto.

O que diz a CBF?

De acordo com as regras da CBF, vinculadas à Fifa, uma jogada nestas condições é passível de anulação quando "o árbitro perceber" a existência de uma "pessoa extra" da equipe que fez o gol dentro do campo. Neste caso, "o jogo deve ser reiniciado com um tiro livre direto, executado do local em que a pessoa extra estava".

O texto, no entanto, cita um ponto que pode validar o lance: "se, após a marcação de um gol e após o jogo haver sido reiniciado, o árbitro perceber que uma pessoa extra estava em campo no momento em que o gol foi marcado, o gol não pode ser invalidado".