PUBLICIDADE
Topo

Futebol

D. Alves relata 1° papo de Guardiola no Barça: 'Único que não sai é Messi'

Guardiola e Daniel Alves conversam durante jogo do Barcelona em 2009 - Otto Greule Jr/Getty Images
Guardiola e Daniel Alves conversam durante jogo do Barcelona em 2009 Imagem: Otto Greule Jr/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

29/09/2021 13h40

O lateral Daniel Alves, que passou quase uma década vestindo a camisa do Barcelona, relembrou a 1ª reunião de Pep Guardiola no comando do clube catalão, em 2008.

Ao podcast "Flow Sport Club", o experiente jogador de 38 anos revelou que, na conversa, o treinador deixou claro ao elenco uma condição envolvendo Lionel Messi na equipe.

"Ele começou com a minha idade, tinha menos de 40 anos. Ele foi jogador, atuou com grandes caras. Chegou lá e na primeira reunião já falou: 'o único que não sai do time é o Messi, e se alguém aqui achar que também não quer sair, que levante a mão'. E eu meti aqui [levantando a mão]. Os caras riram e levaram na brincadeira, mas era sério", iniciou.

Para o jogador, o espanhol, que hoje trabalha no Manchester City, é o melhor técnico com quem já trabalhou em sua carreira profissional.

"Foi o técnico mais 'bravo'. Ele é um gênio. Não é só conhecer futebol, mas também pessoas, você precisa gerir. Hoje é o grande segredo de um treinador é a maneira com que você gere o seu grupo, como você detecta as coisas e quem pode ir para a guerra".

"Você chega num clube e tem 30, 40 jogadores... o time é só 11, o resto fica tudo p*. A gestão é fundamental. O Guardiola pegava 18 jogadores, ele só tinha 18. O resto era do time B, do sub-20. Ele não conseguia deixar ninguém fora da relação. O cara começa a ter comportamentos que você vê que é gênio", finalizou Dani Alves ao podcast.

Futebol