PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões - 2021/2022

Cristiano Ronaldo alcança novo recorde na Champions com gol nos acréscimos

Cristiano Ronaldo comemora gol da vitória do Manchester United contra o Villarreal, na Liga dos Campeões - REUTERS
Cristiano Ronaldo comemora gol da vitória do Manchester United contra o Villarreal, na Liga dos Campeões Imagem: REUTERS

Do UOL, em São Paulo

29/09/2021 19h16

Classificação e Jogos

Só de ser escalado como titular do Manchester United na partida desta quarta-feira contra o Villarreal, Cristiano Ronaldo bateu um recorde na Liga dos Campeões: virou o jogador com mais partidas na história da competição, com 178. Mas essa não foi a única marca alcançada hoje pelo português. Ao fazer o gol da vitória por 2 a 1 aos 49 minutos do segundo tempo, ele também fez história.

Foi o terceiro gol decisivo em uma vitória marcado por Cristiano após o 90º minuto de uma partida de Champions. Com isso, ele igualou o argentino Sergio Agüero, que também decidiu três triunfos para o Manchester City nos acréscimos. A diferença é que CR7 é também o maior artilheiro da história da competição, com 136 gols; Agüero tem 41.

Os outros dois gols salvadores de Ronaldo aconteceram na fase de grupos da temporada 2007/08 —quando ele marcou de falta para garantir os 2 a 1 do Manchester United sobre o Sporting aos 47 do segundo tempo—, e em 2012/13 —quando uma finalização de pé direito aos 45 da segunda etapa decretou os 3 a 2 do Real Madrid sobre o Manchester City.

Ao longo do jogo de hoje, Cristiano não esteve tão bem. O Villarreal foi melhor que o United por longos períodos da partida e ameaçou mais o gol de De Gea, mas o time inglês empatou com um golaço de Alex Telles em cobrança ensaiada de falta, lutou até o fim e conseguiu a virada "no abafa". Ronaldo ganhou pelo alto, recebeu de volta de Lingard e estufou as redes no fim.

"É o meu trabalho", resumiu ele após a partida à TNT. "Foi um jogo muito difícil. O Villarreal jogou muito, teve muitas chances. A gente sofreu muito. Estávamos com a pressão de ter que ganhar, foi muito duro. No último jogo, tivemos a chance de ganhar no último minuto e não conseguimos. Desta vez, foi."

Desde que reestreou pelo United marcando dois gols na vitória por 4 a 0 sobre o Newcastle, em 11 de setembro, o português só não balançou as redes em uma única partida —contra o Aston Villa, no último sábado, em derrota por 1 a 0. Ao todo, são cinco gols do camisa 7 em cinco jogos na temporada. Hoje, mais dois recordes na Champions e o primeiro gol decisivo para uma vitória. Para Cristiano Ronaldo, nada de novo.