PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Juiz encerra partida após receber soco de assistente técnico; veja vídeo

Assistente técnico atinge juiz com soco no rosto em partida válida pela Primeira Categoria, na Itália - Reprodução / Ön Libero
Assistente técnico atinge juiz com soco no rosto em partida válida pela Primeira Categoria, na Itália Imagem: Reprodução / Ön Libero

Colaboração para o UOL

28/09/2021 10h28

No último fim de semana, Carpignano e Oleggio Castello se enfrentavam em jogo válido pelas divisões inferiores do futebol italiano. A partida, no entanto, não completou os 90 minutos.

O Oleggio Castello (de azul) vencia por 2 a 0 quando Giovanni Alosi, assistente técnico do Carpignano (de vermelho), passou a questionar as decisões do juiz da partida. Minutos depois o auxiliar acaba expulso e, irritado, acerta um soco no rosto do árbitro.

Andrea Felis, o dono do apito, assim que se recupera do golpe, sequer pensa duas vezes e encerra o jogo, com vitória para Oleggio Castello. Alguns jogadores ainda se aproximam do juiz para contestar a decisão, mas acabam se dirigindo à saída do campo.

Alosi se demitiu de seu cargo no Carpignano após a confusão, mas, de qualquer maneira, ainda será punido pela Federação Italiana de Futebol. O ex-assistente ainda se desculpou pela sua atitude, "que nada tem a ver com seus valores e de sua família".

"Foi um gesto feio e do qual eu pessoalmente me envergonho. Eu vi as imagens, mas não me reconheço. Só posso primeiro pedir desculpas ao árbitro, com quem tive a oportunidade de falar ao final do jogo e aos nossos rivais, por ter arruinado um jogo de futebol em que não deveria haver gestos violentos como o meu", disse Alosi.

Futebol