PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Renato Gaúcho adota rodízio, mas tropeça com elenco reforçado do Flamengo

Técnico do Flamengo, Renato Gaúcho tem poupado jogadores a depender dos compromissos do Flamengo - Fernando Moreno/AGIF
Técnico do Flamengo, Renato Gaúcho tem poupado jogadores a depender dos compromissos do Flamengo Imagem: Fernando Moreno/AGIF

Alexandre Araújo e Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

27/09/2021 04h00

Classificação e Jogos

Em 2019, no ano mágico do Flamengo, o torcedor rubro-negro se acostumou com o então técnico Jorge Jesus colocando, sempre que podia, sua força máxima em campo, independentemente da competição e da maratona de jogos. Nesta temporada, porém, com Renato Gaúcho, o perfil é o contrário, e o treinador tem aplicado um rodízio de jogadores.

A opção foi adotada nas últimas duas partidas do Flamengo no Campeonato Brasileiro, em meio aos decisivos jogos da Copa Libertadores —e o resultado foi ruim. Uma derrota para o Grêmio, no Maracanã, por 1 a 0, com um time misto, e o empate de ontem (26) por 1 a 1 contra o América-MG, na Arena Independência, com praticamente toda a equipe formada por reservas.

"O Flamengo está disputando três competições difíceis [soma-se a Copa do Brasil]. Não tem equipe no mundo que vai jogar sempre com os mesmos jogadores. O Flamengo montou um plantel forte justamente para brigar por todas as competições", justificou Renato.

Nas últimas semanas, antes do fechamento da janela de contratações para o Brasileiro, o Flamengo anunciou três reforços egressos da Premier League. Ao zagueiro David Luiz, ex-Arsenal, que já foi titular em Copa do Mundo, se juntaram o meio-campista Andreas Pereira, emprestado pelo Manchester United, e o atacante Kenedy, cedido pelo Chelsea. É um trio que deu mais volume a um elenco que contava com figuras como Vitinho, Michael e o artilheiro Pedro vindo do banco de reservas.

É um poderio técnico que dá a Renato muitas formas como montar o Flamengo competitivo, preservando muitas das figuras incontestes que estão no clube desde aquele 2019 avassalador. Ainda assim, o treinador vem tendo dificuldade para impedir uma queda de rendimento do time em campo. Ao mesmo tempo, fez questão de negar que esteja poupando jogadores propositalmente. Segundo o treinador, as questões clínicas têm sido colocadas em consideração.

"Não vamos deixar qualquer competição de lado. O Flamengo está disputando três competições dificílimas. O Flamengo montou um plantel forte para disputar as três competições. Esse discurso de que o Flamengo está poupando... Vou responder pela última vez. As pessoas não sabem quem pode ou não jogar. Ficaram seis jogadores no Rio. Desses seis não sei quantos não vão poder jogar na quarta (29)."

O jogo em questão é o decisivo duelo contra o Barcelona de Guayaquil, no Equador, pela volta das semifinais da Copa Libertadores. Na ida, no Maracanã, o Flamengo venceu por 2 a 0 e conseguiu uma boa vantagem para o confronto.

Flamengo