PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

CBF diz que definição sobre ingleses na seleção sai em "um ou dois dias"

Juninho Paulista, coordenador da seleção brasileira - Lucas Figueiredo/CBF
Juninho Paulista, coordenador da seleção brasileira Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Do UOL, no Rio de Janeiro

27/09/2021 18h25

A comissão técnica da seleção brasileira ainda não recebeu uma resposta definitiva sobre a liberação dos jogadores que atuam no futebol inglês para os próximos jogos das Eliminatórias. A CBF está na expectativa de ter uma sinalização positiva em um ou dois dias, de acordo com Juninho Paulista, coordenador da seleção.

Tite convocou oito jogadores da Premier League para os jogos contra Venezuela, Colômbia e Uruguai, nos dias 7, 10 e 14 de outubro: Alisson e Fabinho (Liverpool), Gabriel Jesus e Ederson (Manchester City), Thiago Silva (Chelsea), Fred (Manchester United), Raphinha (Leeds) e Emerson (Tottenham). A apresentação está programada para o dia 4, em solo colombiano.

"Essa questão se iniciou com uma conversa já na data Fifa passada, quando liberamos a punição para os atletas jogarem nos campeonatos locais e na Champions. Foi uma demonstração de boa-fé exatamente visando a essa data agora de outubro para que a gente não tenha problemas e eles possam ser liberados. A conversa foi bastante produtiva, está bem adiantada. Acredito que em mais um ou dois dias a gente possa ter essa confirmação, mas estramos confiantes e por isso convocamos os atletas. A nossa certeza é que dessa vez estaremos completos", disse Juninho Paulista, em coletiva dada em Manaus, hoje (27).

A negociação acontece porque os clubes vetaram os jogadores na data Fifa passada, em setembro, já que o governo britânico exige quarentena de 14 dias na volta de países que estão na lista vermelha da Covid-19, como é o caso do Brasil. Os clubes, portanto, não liberaram porque os atletas perderiam jogos no retorno para casa. A Fifa, então, entrou na jogada para tentar flexibilizar as regras junto ao governo britânico, na tentativa de costurar um acordo. A entidade, inclusive, citou que há boa vontade entre as partes. Tanto que a CBF desistiu de pedir punição aos clubes ingleses — como previsto no regulamento — por causa da postura deles.

Questão do público

Há uma comitiva da CBF na capital amazonense para vistoriar a Arena da Amazônia, que receberá a partida do dia 14, contra os uruguaios. Será a primeira partida da seleção com público pagante e a expectativa é de 14 mil pessoas.

"Nossa ideia é iniciar a venda dia 7 de outubro, uma semana antes. Entre as exigências para entrar no estádio está o exame PCR", explicou o diretor de competições, Manoel Flores.

Os preços divulgados pela CBF foram: ingressos de anel superior a R$ 250, com R$ 125 a meia. Anel inferior, R$ 350 a inteira e R$ 175 a meia. Área VIP, com serviço, R$ 500. Os camarotes serão vendidos a R$ 700 por pessoa, mas quem comprar terá que comprar o camarote fechado.

Tite convoca seleção brasileira para Eliminatórias da Copa de 2022

Seleção Brasileira