PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fluminense bate RB Bragantino e encosta no G6 com feitos de Fred e Marcão

Fred celebra após marcar para o Fluminense na partida contra o Red Bull Bragantino, pela 22ª rodada do Brasileirão - Thiago Ribeiro/Thiago Ribeiro/AGIF
Fred celebra após marcar para o Fluminense na partida contra o Red Bull Bragantino, pela 22ª rodada do Brasileirão Imagem: Thiago Ribeiro/Thiago Ribeiro/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/09/2021 17h55

Classificação e Jogos

O Fluminense venceu o Red Bull Bragantino por 2 a 1 na tarde de hoje (26), pela 22ª rodada do Brasileirão, e avançou na tabela de classificação. Os gols foram marcados por Fred, Luiz Henrique e Helinho.

A partida no Maracanã foi protagonizada por feitos históricos para dois ídolos Tricolores, Fred e Marcão. O centroavante deixou Romário para trás e se tornou o segundo maior artilheiro da história do Brasileirão, enquanto o treinador agora é dono da maior invencibilidade do clube na competição, ultrapassando Muricy Ramalho.

Próximos na tabela

Com o resultado, o Tricolor Carioca chegou a 32 pontos e chegou ao oitavo lugar na competição, encostando no G6. Com um ponto a mais (e um jogo a menos), o Massa Bruta permanece em quinto.

RB com outras prioridades

Hoje, o clube paulista mandou para campo sua equipe reserva, de olho no confronto de volta pela semifinal da Copa Sul-Americana, contra o Libertad-PAR, na quarta-feira (29), em Assunção. Na ida, vitória por 2 a 0 do Red Bull em Bragança Paulista.

Na próxima rodada, o Bragantino recebe o Corinthians no Nabi Abi Chedid, às 19h (horário de Brasília) de sábado (2). O Flu vai à Vila Belmiro para pegar o Santos, no domingo, às 18h15.

Flu domina 1º tempo e abre caminho para vitória

Apesar da primeira chance boa ser do Bragantino, com bomba de Helinho e defesa de Marcos Felipe, o amplo domínio na etapa inicial foi do Fluminense. A resposta veio aos 12 minutos, com ótima triangulação e finalização de Fred, na pequena área, para abrir o placar. Os donos da casa continuaram buscando o segundo gol até consegui-lo aos 42, com um golaço de Luiz Henrique. O lindo lance do garoto de Xerém levou o Flu ao intervalo em situação tranquila na partida.

Luiz Henrique decide para o Flu

A cria de Xerém foi o destaque da partida no Maracanã. Primeiro, no gol de Fred, encontrou Nonato em ótimas condições para assistir experiente o camisa 9. Já no fim da primeira etapa, foi acionado por Caio Paulista na entrada da área, girou o corpo e deixou dois marcadores na saudade, completando a jogada com um potente chute de direita no ângulo de Julio Cesar.

Fred alcança mais um feito histórico

Aos 11 minutos, a boa trama do Flu - com jogada de Luiz Henrique e assistência de Nonato - culminou no gol de Fred, sozinho na pequena área. Com o tento, o atacante de 37 anos chegou à marca de 155 bolas na rede no Brasileirão e se tornou o segundo maior artilheiro da história da competição, deixando Romário para trás. À sua frente, somente Roberto Dinamite, que marcou 190 vezes. O camisa 9 é também o principal goleador do Flu na temporada, com 18 gols.

Bragantino reage no 2º tempo e diminui com golaço

Precisando buscar o empate, o Red Bull começou a etapa final mais ativo no setor ofensivo, gerando perigo primeiro aos 13, em cabeceio de Gabriel Novaes para fora. Dois minutos depois, o Massa Bruta diminuiu com Helinho, que acertou um belíssimo chute de longe e mandou no ângulo. A partir do gol, o segundo tempo ficou mais aberto, com oportunidades para ambas as equipes. O Flu chegou a ampliar com Gabriel Teixeira, mas após quatro minutos de revisão, o VAR anulou o lance por impedimento de Bobadilla. Nonato e André ainda perderam chances boas no fim da partida.

Marcão atinge recorde pelo Flu no Brasileirão

Marcão foi ao Maracanã sob a expectativa por uma importante marca pelo Tricolor das Laranjeiras. Somando jogos pela edição passada do Brasileirão e a atual, o técnico chegou a 16 partidas sem perder e ultrapassou o feito de Muricy Ramalho ante o Massa Bruta. Em 2010, a sequência de 15 confrontos ajudou o Flu de Muricy a conquistar o título daquele ano. Agora, Marcão é o comandante com a maior invencibilidade da história do clube na competição.

Ficha técnica

Fluminense 2 x 1 Red Bull Bragantino

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro

Hora: 16h (horário de Brasília)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Jose Eduardo Calza (RS)

Cartões amarelos: Nonato (Fluminense) e Martinelli (Fluminense); Léo Realpe (Bragantino) e Gabriel Novaes (Bragantino)

Cartões vermelhos: Nenhum

Gols: Fred (Fluminense), aos 11 minutos do 1º tempo, e Luiz Henrique (Fluminense), aos 41; Helinho (Bragantino), aos 16 do 2º tempo

Fluminense: Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; André; Nonato (David Braz) e Yago (Martinelli); Luiz Henrique (Gabriel Teixeira), Caio Paulista (Jhon Arias) e Fred (Bobadilla). Técnico: Marcão.

Red Bull Bragantino: Julio Cesar; Weverton, Léo Realpe, Natan e Luan Cândido (Guilherme); Emiliano Martínez, Cristiano (Praxedes) e Vitinho (Weverson); Gabriel Novaes (Hurtado), Helinho (Alerrandro) e Pedrinho. Técnico: Maurício Barbieri.

Futebol