PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Dérbi: PM veta mosaico com embaixadinha Edilson por julgá-lo 'provocativo'

Mosaicos no estádio do Corinthians para o clássico contra o Palmeiras - Felipe Spak/Agência Corinthians
Mosaicos no estádio do Corinthians para o clássico contra o Palmeiras Imagem: Felipe Spak/Agência Corinthians

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/09/2021 19h15

Classificação e Jogos

A Polícia Militar de São Paulo retirou um mosaico do ex-jogador Edilson, instantes antes do clássico entre Corinthians e Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro, na noite de hoje (25), por considerá-lo provocativo.

A informação foi confirmada pela assessoria da PM-SP à reportagem. Segundo a corporação, a retirada se baseou no Estatuto do Torcedor, com o intuito de evitar imagens provocativas no estádio.

A imagem representa o momento em que o ex-atacante, com a camisa alvinegra, fazia embaixadinhas contra o rival alviverde na final do Paulistão de 1999, vencida pelo clube do Parque São Jorge. O lance de Edilson deu origem a uma confusão generalizada entre os atletas das duas equipes.

O mosaico foi colocado pela torcida Gaviões da Fiel. "A repressão não venceu meu sentimento. A história nunca muda e não será apagada", escreveu a torcida em publicação nas redes sociais.

Confira o mosaico da torcida na Arena:

Futebol