PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Inglaterra cogita volta de bebidas alcoólicas nos estádios após 36 anos

Torcedores da Inglaterra comemoram vitória sobre a Alemanha em Wembley - Justin Tallis/POOL/AFP
Torcedores da Inglaterra comemoram vitória sobre a Alemanha em Wembley Imagem: Justin Tallis/POOL/AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/09/2021 12h28

Seguindo um pedido dos torcedores, o governo britânico analisa a possibilidade de readmissão do consumo de bebidas alcoólicas nas arquibancadas, que é proibida para prevenção de vandalismo desde 1985.

"Faz muito tempo que fazemos campanha pela revisão das leis sobre o álcool em estádios de futebol. Somos criminalizados por bebermos cerveja na arquibancada, mas se houver um concerto de música ou uma partida de rúgbi naquele estádio, eles não aplicam às leis e isso é claramente injusto", afirma a Associação de Seguidores de Futebol.

A petição é dirigida principalmente à Premier League, onde apenas a compra e venda de bebidas é permitida em determinados pontos do estádio, o que obriga os torcedores a consumir antes, no intervalo ou depois da partida.

Com relação a isso, a ex-ministra do Esporte e deputada Tracey Crouch foi a favor da petição e comentou sobre ela para o The Times: "Nossa opinião sobre álcool e futebol está desatualizada. É estranho que você possa beber como torcedor de críquete, mas não pode beber como um fã de futebol."

O que Crouch também deixa claro é que há muito dinheiro envolvido e, se a regra fosse alterada, isso teria um impacto positivo (em nível econômico) em todas as instituições. Ela também mencionou que grande parte da receita dos clubes vem dos bares em seus estádios.

"(Os torcedores) Bebem muito em pouco tempo. Então minha recomendação é experimentar e não 'obrigá-los' a tomar um litro no intervalo", acrescentou a ex-ministra que assumiu o comando do pedido de milhares de torcedores e que espera, junto com eles, uma resposta positiva das autoridades.

Futebol