PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

RMP: Eu não tenho essa certeza toda de que o São Paulo não cai

Do UOL, em São Paulo

23/09/2021 13h17

Classificação e Jogos

O São Paulo não conseguiu aproveitar o jogo atrasado contra o América-MG para se afastar mais da zona de rebaixamento. Com o empate em 0 a 0, ontem (22), no Morumbi, o time comandado por Hernán Crespo segue apenas três pontos acima dos quatro últimos colocados.

No UOL News Esporte, Renato Maurício Prado alerta para a situação do atual campeão paulista e o risco de ficar tanto tempo próximo do Z4 mesmo tendo um elenco de jogadores com potencial para obter resultados melhores.

"Eu não tenho essa certeza toda de que o São Paulo não cai, porque o lado psicológico do time grande quando ele começa a ficar próximo ali do Z4 conta muito, é exatamente aquela história, os jogadores ficam nervosos, a perna pesa, começam a bater boca dentro de campo, então, eu acho que se o São Paulo realmente não quer ficar por perto, precisa se acertar muito rapidamente e engatar uma sequência de bons resultados, para aí sim disparar daquela proximidade perigosa", afirma o jornalista.

Renato considera que Crespo parece um pouco perdido no comando do time, mudando formações e abrindo mão de convicções enquanto os resultados não aparecem e o time não consegue construir uma boa sequência.

"Eu acho que o Crespo está começando a ficar um pouco perdido, porque ele quando chegou implantou a linha de três zagueiros, ele acertou o time do São Paulo, o São Paulo foi campeão paulista e cosia e tal, depois, mesmo nas competições que ele foi disputando, Libertadores e Copa do Brasil, ele manteve o padrão. E aí, quando ele começou a perder, a ser eliminado, ele começou a mudar. Por exemplo, ele agora está jogando de novo com uma linha de quatro zagueiros, o Reinaldo, que chegou a estar barrado por ele, voltou a ser titular. Eu não sei, a sensação que eu tenho é que ele se perdeu um pouco também", diz Renato.

"Eu vejo o São Paulo um pouco perdido nesse momento, a sensação que eu tenho é que o Crespo abandonou um pouco as suas convicções iniciais e não encontrou ainda a forma desse São Paulo jogar. O ataque para mim é um dos grandes problemas do São Paulo, tirando o Rigoni, que é um ótimo jogador, o São Paulo tem dificuldade ali com os centroavantes, o Pablo decididamente não engrenou, o Luciano toda hora tem algum problema, agora foi uma conjuntivite que tirou ele do jogo, talvez, quem sabe, o Calleri entrando ali melhore e resolva um pouco mais a situação do ataque do São Paulo", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol