PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Mauro Cezar: Palmeiras tem condições de fazer bom jogo com o Atlético-MG

Do UOL, em São Paulo

20/09/2021 18h44

Classificação e Jogos

O Atlético-MG chega para o confronto com o Palmeiras pelas semifinais da Libertadores apontado como favorito até mesmo pelo treinador palmeirense Abel Ferreira devido ao momento do time dirigido por Cuca, que lidera o Campeonato Brasileiro com sete pontos de vantagem e levou a melhor no duelo recente entre os dois clubes.

No podcast Posse de Bola #162, Mauro Cezar Pereira afirma que o Atlético-MG tem sim o favoritismo, mas não é sempre que tem grandes atuações como aparenta, há outros fatores em disputa e o Palmeiras tem condições de fazer um bom confronto e avançar à final, pontuando que é outra competição e na qual o Alviverde é o atual campeão.

"É curioso isso porque o Atlético-MG tem algumas boas atuações, outras nem tanto, ainda não é um time coletivamente, embora tenha muitos valores individuais, tão sólido assim, eu não vejo dessa maneira. Acho que está completamente em aberto, o Palmeiras tem condições de fazer um bom jogo e de enfrentar bem o Atlético-MG, de conseguir uma vitória, evidentemente", diz Mauro.

"O Atlético-MG tem jogadores decisivos na frente, com mais poder de decisão do que os jogadores do Palmeiras, mas é um jogo em São Paulo, é um jogo eliminatório, o Palmeiras é o atual campeão do torneio, então é óbvio que tem condições de passar. Acho que o momento do Atlético-MG é melhor, concordo em relação ao favoritismo para o confronto, mas não vai ser Atlético-MG e Sport, é Palmeiras e Atlético-MG o primeiro jogo, é diferente, bem diferente", completa.

O jornalista cita o retrospecto do Palmeiras na temporada, com as perdas da Recopa Sul-Americana, da Supercopa do Brasil e a eliminação na Copa do Brasil, mas lembra que diante do São Paulo o time de Abel Ferreira conseguiu ser superior e vencer no Allianz Parque.

"Está completamente em aberto, é uma disputa que vai começar e é outro torneio, acho que o Palmeiras tem condições de se mobilizar, se organizar e fazer um bom jogo, agora, o retrospecto do Palmeiras é muito ruim, é uma coleção de fracassos nesse ano, o último momento de sucesso do Palmeiras foi quando eliminou o São Paulo. De fato, fez ali um jogo dentro das suas características, competitivo, e derrotou o São Paulo jogando bem melhor o jogo de volta, no jogo de ida já não foi bom", diz Mauro.

"O grande problema dos Palmeiras é essa dependência do roteiro do jogo, o Palmeiras depende muito de estar em vantagem ou estar em igualdade para colocar em prática a sua estratégia. Vamos ver como que vai se comportar o Atlético-MG, se vai atacar, se vai esperar, o que o Cuca vai fazer diante do Palmeiras, sendo que ele tem uma experiência recente, que é a final da Libertadores, quando ele mudou as características do time do Santos, que era um time que tinha o Soteldo e o Marinho muito bem, jogou de uma forma mais cautelosa e não funcionou", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol